Nota técnica orienta sobre direitos de trabalhadores dos serviços de saúde na pandemia de Covid-19

A Frente Ampla em defesa da Saúde dos Trabalhadores, lançou nesta terça-feira, 07 de abril, uma nota técnica orientando trabalhadoras e trabalhadores dos serviços de saúde sobre seus direitos enquanto grupo vulnerável prioritário na pandemia da Covid-19. O documento, assinado pela Abrasco em conjunto com mais 22 entidades, traz 17 medidas de caráter preventivo e também reafirma um conjunto de “direitos das trabalhadoras e trabalhadores portadores de Covid-19”. Dentre as medidas, estão a obrigação do afastamento imediato do trabalho em casos suspeitos e a afirmação de que nas profissões de saúde onde existe exposição ocupacional ao coronavírus (e em outras atividades essenciais de contato direto com pacientes) a Covid-19 deve ser considerada como “doença relacionada ao trabalho”.

A Frente Ampla ressalta que a quase totalidade das orientações direcionadas a trabalhadores e trabalhadoras em Serviços de Saúde aplica-se, também, a outras categorias, em especial àquelas consideradas como “serviços essenciais” no atual contexto da pandemia.

A nota é destinada especialmente a trabalhadores e trabalhadoras em serviços de saúde; às entidades sindicais representativas dessas categorias profissionais; aos médicos e médicas do trabalho e outros integrantes dos Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT); aos empregadores de serviços de saúde públicos e privados; à sociedade em geral, aos meios de comunicação, entre outros.

+Veja a Nota Técnica na íntegra

Comments

comments

Deixe uma resposta