Universidades organizam atos em defesa da democracia


A exemplo da Tribuna Livre, evento organizado em 30 de março na Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz), outras universidades e unidades também preparam eventos públicos para promover o debate sobre a democracia, sobre a garantia das liberdades individuais e coletivas e pela ampliação das políticas públicas sociais, com destaque para o financiamento do Sistema Único de Saúde (SUS), das universidades universidades públicas e das políticas de inclusão.

Em São Paulo, a Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (FSP/USP) em conjunto com diversos movimentos, dentre eles, a Associação Paulista de Saúde Pública (APSP), realiza o evento Saúde em Defesa da Democracia nesta quarta-feira, dia 06, às 18 horas, no pátio das suas dependências, no bairro de Pinheiros, na capital.

No texto de divulgação, os organizadores destacam que conceitos e políticas que conformam o SUS são indissociáveis da garantia de direitos sociais e da democracia e devem ser defendidos por todos os brasileiros comprometidos com o direito à saúde.

Na mesma hora, o Largo de São Francisco, no centro do Rio, será palco da atividade UFRJ em defesa dos direitos sociais, políticos e conquistas democráticas, organizado pela reitoria da universidade em conjunto com seus sindicatos e associações de trabalhadores (AdUFRJ, Sintufrj e ATTUFRJ) e representações estudantis, como o Diretório Central dos Estudantes Mario Prata e a associação de pós-graduandos (APG UFRJ).

Em seu texto de divulgação, o evento posiciona-se contrário ao pedido de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, mas não deixa de criticar o ajuste fiscal empreendido pelo Executivo como resposta à crise financeira. “Os principais agentes econômicos apregoam, em seu próprio benefício, um ajuste fiscal tal como o efetivado na Grécia e na Espanha. A presidenta Dilma vem empreendendo um duro ajuste fiscal que tem atingido fortemente as universidades federais e tem defendido nova reforma da previdência, mas os anseios das organizações empresariais são muito mais ambiciosos e regressivos.”

Saúde Em Defesa Da Democracia
Dia 06 de abril, às 18 horas
Auditório João Yunes da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (FSP/USP)
Avenida Dr. Arnaldo 715, Pinheiros, São Paulo
Confira a divulgação do evento nas mídias sociais

UFRJ em defesa dos direitos sociais, políticos e conquistas democráticas
Dia 06 de abril, às 18 horas
No pátio do Instituto de Filosofia e Ciências Sociais (IFCS/UFRJ)
Largo de São Francisco Paula, 1, Centro – Rio de Janeiro
Confira a divulgação do evento nas mídias sociais

Comments

comments