Incentivo à imunização e diálogo com públicos resistentes marcam lançamento da campanha “Abrace a Vacina”

Com objetivo de disseminar entre a população informações sobre a segurança e eficácia das vacinas para a Covid-19, a campanha Abrace A Vacina foi lançada na última segunda, 18 de janeiro, com transmissão pelas redes sociais. A ação é uma parceria de duas frentes da sociedade civil: a Frente pela Vida, que congrega as entidades do movimento sanitário e do controle social, entre elas, a Abrasco, e a Frente Direitos Já! A campanha já conta com a adesão de mais de 200 entidades.

A Abrasco foi representada por Gulnar Azevedo, presidente da Associação, que frisou a centralidade do Sistema Único de Saúde em todas as ações relacionadas à imunização no território nacional. “A vacinação é feita pelo SUS, e precisa chegar a todos os pontos do Brasil, como sempre chegou. O nosso Programa Nacional de Imunização (PNI) é forte, e o país precisa voltar a respirar. O Brasil Precisa do SUS!”, ressaltou.

Ao longo da tarde, diversos sanitaristas, como José Gomes Temporão, ex-ministro da Saúde e pesquisador da Fiocruz; Adriano Massuda, professor da FGV-SP; Gonzalo Vecina, professor da FSP/USP; Akira Homma, ex-presidente da Fiocruz e assessor científico sênior de BioManguinhos; Jarbas Barbosa, diretor-adjunto da OPAS, Carla Domingues, ex-coordenadora do PNI, e Paulo Buss, ex-presidente da Fiocruz e diretor do CRIS/Fiocruz, também participaram da atividade.

A condução do lançamento foi de Fernando Guimarães, coordenador do Direitos Já. Ele valorizou a importância da troca com o campo científico e a área da saúde. “É uma vacinação que tem toda a certificação da Anvisa, de todo o campo da ciência e da medicina. Vamos fazer uma mobilização dialogando com setores da sociedade que tem apresentado mais resistência, como os evangélicos, e trazendo mais informação principalmente neste momento da campanha [de vacinação] direcionada aos idosos”, explicou, ressaltando a urgência de informação correta no combate às fake news.

Para esse diálogo, brasileiros e brasileiras com mais de 65 anos e reconhecidos por suas contribuições na arte, no futebol e na imprensa foram escalados para participarem das primeiras peças de comunicação. Marieta Severo, Walter Casagrande e Juca Kfouri são alguns nomes entre mais de 30 artistas, esportistas e personalidades. Clique e assista à transmissão de lançamento. Leia também a matéria do jornal Brasil de Fato.

Comments

comments

Deixe uma resposta