Vice-presidente da Abrasco analisa mudanças no MS para o Brasil de Fato


Em matéria publicada no último dia 02 de outubro no jornal Brasil de Fato, lideranças dos movimentos sociais e de associações civis analisaram as mudanças ministeriais conduzidas pela presidente Dilma Rousseff nas últimas semanas e que serão empossadas nesta segunda-feira (05). Pela Abrasco, Mario Scheffer, vice-presidente da Associação e professor da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), avaliou a escolha de Marcelo Castro (PMDB-PI).

Para ele, a crise do SUS já estava clara antes mesmo da troca de ministro. “O impeachment SUS já está dado desde o início do governo. Com a aprovação da nova Emenda Constitucional [86, que afeta o financiamento do Sistema] e a crise econômica, o sistema vive uma situação muito delicada”.
Scheffer reforçou ainda as ligações de Castro com o setor privado e com os setores mais conservadores da política brasileira, que podem significar um retrocesso nas políticas de saúde, como nos programas de prevenção de HIV/Aids e de atenção psicossocial e de saúde das mulheres. Confira na íntegra no site Brasil de Fato.

Comments

comments