Ministro Alexandre Padilha reafirma compromisso do governo Dilma com o SUS


Pronunciamento foi feito durante a abertura do XXVI Congresso dos Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo,  dia 5 de março.

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, desmentiu as especulações de que o Governo estaria negociando com as grandes operadoras de planos de saúde, medidas para incentivar a expansão de “planos de saúde pobres para pobres” e, consequentemente, o desmonte do Sistema Único de Saúde (SUS)

“Existe um debate sobre a agenda regulatória, na Câmara de Saúde Suplementar, que é pública, é transparente e não tem nada a ver com a especulação feita. Até porque, seria estranho alguém imaginar que um Governo que está acabando com a miséria do País, vai debater ou discutir alguma proposta de plano de saúde pobre, voltado para os pobres. Isso sequer foi apresentado em qualquer reunião com o ministro da saúde ou com a presidenta Dilma”, assegurou o ministro.

 

Padilha disse que não estaria à frente de um Congresso de secretários municipais de saúde se a notícia tivesse um mínimo de veracidade. “Entre nós, gestores de saúde, não pode haver dúvida de que somos defensores do SUS. Todo secretário de saúde, as vezes vive uma relação bastante intensa com boatos que saem na imprensa. Não é bom para nós, que a gente acredite mais em especulação que surge na imprensa do que na relação que temos entre nós”, afirmou Padilha.

Ouça aqui o pronunciamento.
 

Comments

comments