Marcha Virtual pela Ciência mobiliza pesquisadores de todo o país

A Marcha Virtual pela Ciência superou todas as expectativas reunindo um grande número de participantes. A Abrasco participou da abertura do evento com seus representantes estando presentes em painéis e debates. No painel de abertura organizado pela seção Rio de Janeiro da Sociedade Brasileira pelo Progresso da Ciência (SBPC), a coordenação foi de Gulnar Azevedo, presidente da Abrasco, e o tema foi “O que a Ciência sabe sobre o novo coronavírus”. Além disso, Gulnar também esteve presente no painel nacional “O enfrentamento da pandemia de Covid-19 no Brasil”, que contou com o abrasquiano Cesar Victora (UFPel) entre os apresentadores de trabalho. Já o outro painel nacional contou com a presença do abrasquiano Carlos Gadelha (Fiocruz).

Além desses painéis, a Marcha teve duas convocações de “tuitaços” e cerca de 40 debates paralelos, realizados ao longo de todo o dia por sociedades científicas, universidades e outras instituições. No balanço da programação nacional, os dois painéis tiveram 57 mil visualizações nas páginas da SBPC no YouTube e Facebook, com um alcance de 195 mil usuários.

A Marcha foi um dos assuntos mais comentados do Twitter durante todo o dia. Com o engajamento e participação de pesquisadores, professores, técnicos, estudantes, instituições, parlamentares, gestores, divulgadores científicos e amigos da ciência, duas hashtags entraram para os assuntos mais comentados da plataforma: #paCTopelavida (2º lugar) e #MarchaVirtualpelaCiência (4º lugar) com mais de 30.000 “tuítes” e alcance de mais 500 mil usuários da plataforma.

Uma da novidades dessa 7ª edição da Marcha foi uma manifestação digital através do aplicativo Maniff.app. Adaptado pela SBPC a partir de uma ferramenta criada na França, a página brasileira do Maniff registrava, na noite desta quinta-feira, 15.800 participantes logados, a grande maioria ocupando a frente do Congresso Nacional em Brasília por meio de avatares, portando “cartazes” com palavras de ordem.

+Veja a matéria do Jornal da Ciência sobre a Marcha Virtual pela Ciência

Comments

comments

Deixe uma resposta