Luiz Facchini reforça a importância da Rede de Pesquisa em Atenção Primária à Saúde, em evento.


No fim do mês de março, no auditório internacional da ENSP, estiveram  reunidos o DAB/MS e as instituições de pesquisa que participaram da avaliação da atenção básica para discutir estratégias e iniciativas para análise e divulgação dos dados coletados no PMAQ, assim como o planejamento para a implementação do segundo ciclo, previsto para acontecer ainda em 2013.

 

 

Na abertura do encontro, relizada por Marcia Fausto, coordenadora do PMAQ da ENSP deu as boas vindas a todos e propôs um cronograma de atividades para os dois dias. Durante sua fala reiterou a importante participação da Rede APS na realização do PMAQ e a necessidade de tê-la como parceira nos próximos passos do programa.

 

Maria Guadalupe Medina, da UFBA e integrante do comitê coordenador também defendeu o apoio a manutenção dos trabalhos da Rede e sua importante contribuição para a APS brasileira. O ex-presidente da Abrasco Luis Augusto Fachini  reforçou o trabalho da rede durante os 3 anos de atividades e destacou:

 

"A Rede de Pesquisa em APS, iniciativa liderada pela ABRASCO e Ministério da Saúde, dispõe hoje de 4.235 participantes inscritos, mostrando uma grande capilaridade para difundir pesquisas e temas de interesse de gestores, trabalhadores de saúde, pesquisadores e população.

 

A realização de eventos nacionais e a agilidade na divulgação através de página na Internet destacam sua relevância social. Além disso, a Rede foi fundamental para mobilizar e envolver cerca de 40 instituições acadêmicas na Avaliação Externa do PMAQ, apoiando a realização de reuniões e debatendo os desafios e potencialidades de estudos sobre acesso e qualidade da rede básica de saúde. Essas razões devem ser suficientes para mobilizar o apoio do Ministério da Saúde à continuidade do trabalho da Rede."

 

 

O  representante presente do DAB/MS e coordenador de Avaliação e Acompanhamento, Allan Nuno Alves de Sousa comprometeu-se em  levar o assunto ao gabinete do departamento na próxima reunião de gestão e posicionará a Abrasco sobre a possibilidade de manutenção com recursos para a REDE APS.

 

(Fonte Rede APS)

 

Comments

comments