Luis Eugenio participa de seminário organizado pela Associação Chinesa de Medicina Preventiva

O professor do Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal da Bahia (ISC/UFBA), Luis Eugenio de Souza (presidente Abrasco 2012-2015) do Webinar Internacional sobre Ciência Global, Desenvolvimento e Governança de Tecnologia sob a epidemia COVID-19 organizado pela Associação Chinesa de Medicina Preventiva. Luis Eugenio falou sobe como desenvolver uma cooperação internacional eficaz em ciência e tecnologia. Além disso, o professor também analisou os maiores desafios e abordagens científicas sobre prevenção e controle do COVID-19 no Brasil. O seminário, que reuniu especialistas do mundo inteiro foi realizado durante todo o dia 30 de maio.

Sobre a necessidade de cooperação internacional, Luis Eugenio apontou a necessidade de o conhecimento científico e a tecnologia serem encarados como bem comum público. Nesse sentido, tendo a solidariedade como elemento orientador das ações,o acesso global equitativo às tecnologias de saúde por meio do compartilhamento de conhecimento, propriedade intelectual e dados são fundamentais, especialmente para os países em desenvolvimento.

Com relação aos desafios brasileiros, a crise extrapola a área da saúde e se amplia na política, economia e nas desigualdades sociais. Luis Eugenio citou as constantes ameaças à democracia e a falta de coordenação em nível nacional como problemas graves do país. Além disso, a falta e apoio financeiro às pessoas em situação de vulnerabilidade e às empresas agravam a crise social no país. Diante dessa postura de caos gerada pelo governo federal, foi ressaltada a atuação das instituições científicas e a capacidade de continuarem produzindo ciência, o que aumentou a confiança da população na ciência.

+ Assista a íntegra do seminário

Comments

comments

Deixe uma resposta