Abrasco e ITpS lançam seis novos cursos gratuitos de análise de dados para profissionais da vigilância em saúde

A Abrasco e o Instituto Todos pela Saúde (ITpS) lançam seis novos cursos de análise de dados para a vigilância em saúde, dando seguimento à primeira formação, iniciada em outubro. Os cursos são gratuitos, com 15 horas/aula cada e utilizam a linguagem R, ensinada no curso inicial. As inscrições estão abertas e as aulas poderão ser feitas a partir do dia 22.

Direcionado prioritariamente aos trabalhadores de saúde vinculados ao Sistema Único de Saúde (SUS), os cursos de Análise de Dados para a Vigilância em Saúde foram desenvolvidos por profissionais de diferentes instituições e municípios que atuam com vigilância e dados e são oferecidos pela Universidade de Santa Catarina (UFSC).


Conheça as novas formações:

● Visualização de dados de interesse para a vigilância em saúde
Objetivo: Capacitar para a produção de gráficos de interesse para a vigilância em saúde (de barras, de linhas, boxplots, pirâmides etárias e temporais de calor).

● Produção automatizada de relatórios na vigilância em saúde
Objetivo: Ensinar a automatizar a produção de relatórios técnicos, organizando as rotinas de análises em documentos dinâmicos e interativos.

● Construção de diagramas de controle na vigilância em saúde
Objetivo: Instruir a realização de análise exploratória para determinar anos epidêmicos e não epidêmicos e a construção de diagramas de controle com dados cotidianos da vigilância em saúde.

● Linkage de bases de dados de saúde
Objetivo: Ensinar a linkar diferentes bases, da preparação dos bancos à análise da efetividade da operação.

● Análise espacial de dados para a vigilância em saúde
Objetivo: Apresentar os conceitos básicos para a elaboração de mapas, detalhar como reconhecer dados espaciais em bancos de dados da saúde, transformar e visualizar essas informações e gerar mapas de interesse para a vigilância em saúde.

● Construção de painéis (dashboards) para monitoramento de indicadores de saúde
Objetivo: Ensinar o conceito de dashboards, as técnicas para a geração de gráficos e tabelas interativas e a construção de um painel com indicadores de saúde.

Os cursos são na modalidade educação a distância no formato autoinstrucional, que garante a autonomia do estudante ao possibilitar o estudo a qualquer hora com material autoexplicativo e apresentado em vários formatos (pdf, html, vídeos). Os alunos também terão acesso a ferramentas para uso diário em seu trabalho. Haverá avaliações para que o profissional mapeie seu aprendizado e emissão de certificados.
Os temas são abordados a partir da reflexão sobre os desafios e necessidades cotidianas da vigilância no SUS. São utilizados bancos de dados reais e oferecidos ao estudante códigos para análise de cobertura vacinal e casos de dengue, por exemplo, e explicações sobre gerenciamento para otimizar a atuação na vigilância em saúde.

A formação em análise de dados dá início aos Cursos Integrados em Vigilância em Saúde do ITpS, que foram desenvolvidos em parceria com a Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), Universidade Aberta dos SUS (UnaSUS), UFSC e Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Os outros três cursos que compõem os Cursos Integrados em Vigilância em Saúde serão lançados nos próximos meses: Investigação de Surtos e Epidemias, Plano de Contingência para Doenças Transmissíveis com Potencial Epidêmico e Introdução à Vigilância Laboratorial e Genômica.

Comments

comments

Deixe um comentário