Site internacionaliza produção brasileira na saúde mental e propõe novo paradigma na assistência psiquiátrica


Na segunda-feira (7/11), a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca lançará a versão em português do site Mad in America, criado pelo premiado jornalista estadunidense Robert Whitaker, especializado no tema da indústria farmacêutica no campo da psiquiatria. O Mad in Brasil, hospedado no país por meio da parceria americana com o Laboratório de Estudos e Pesquisas em Saúde Mental e Atenção Psicossocial, do Departamento Direitos Humanos, Saúde e Diversidade Cultural (Laps/Dihs/ENSP), tem o propósito de ampliar e fortalecer o diálogo entre aqueles que desejam repensar a psiquiatria e construir um novo paradigma de assistência psiquiátrica. Além do Brasil e Estados Unidos, comunidade possui os sites Mad in America Hispano-Hablante e Mad in Japan (em desenvolvimento).

Os pesquisadores do Laps/Dihs/ENSP Fernando Freitas e Paulo Amarante são os editores da versão em português. O editorial assinado por eles destaca as importantes conquistas acumuladas nas últimas décadas a partir do Movimento da Reforma Psiquiátrica, como o fechamento progressivo dos hospitais psiquiátricos e a criação dos Centros de Atenção Psicossocial (Caps), das Residências Terapêuticas, dos Programas de Redução de Danos, Centros de Convivências, as Oficinas de Geração de Renda, etc.

“A criação do site no nosso país é um desafio. Apesar de ser coordenado pelo Brasil, temos o objetivo de alcançar os países de língua portuguesa. Passamos a estar mais globalizados, sabendo que os materiais produzidos por nós são observados mundialmente. E não somente para a comunidade científica ou para os nossos pares, mas para toda a população”, destacou Fernando.

Paulo Amarante lembrou que Whitaker esteve pela primeira vez o Brasil em 2014, a partir do convite para participar do 4º Congresso Brasileiro de Saúde Mental, promovido pela Abrasme, em Manaus. O jornalista também marcou presença no 2º Fórum de Direitos Humanos e Saúde Mental, em junho de 2015, em João Pessoa, também promovido pela Abrasme, e apresentou seu mais recente livro Psychiatry Under Influence, na Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP) e na Escola de Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (EMERJ).

“O site possibilita acesso a uma reflexão crítica sobre a psiquiatria, de práticas alternativas ao uso de medicamentos. O fato de adotarmos ele aqui no Brasil, em português, permite que o grande público conheça essas experiências desenvolvidas no mundo inteiro e que são alternativas à psiquiatria clássica”.

Mad in Brasil: A página madinbrasil.org possui várias seções, entre elas a de Notícias, onde serão postados artigos de periódicos científicos nacionais e internacionais, socializando o conhecimento científico, para que mais e mais pessoas tomem conhecimento do que as evidências científicas mostram. Há o espaço Blogs, com as contribuições de colaboradores nacionais e internacionais, onde opiniões abalizadas e experiências pessoais permitirão abrir o debate com os ‘comentários’. Há também a seção Em torno da internet, que receberá reportagens da grande mídia e postará o que vendo sendo dito sobre aspectos relevantes. Informações sobre as Drogas atualizará os leitores sobre os principais aspectos inerentes aos antipsicóticos, antidepressivos, ansiolíticos e outras drogas. Em Vídeos, os responsáveis pelo site postarão documentários e filmes importantes que possam ser disponibilizados on-line. Também há espaço destinado aos Eventos, que informará sobre Congressos, Encontros, Seminários etc.

“Teremos ainda a seção de Newsletter, para manter o leitor sistematicamente atualizado sobre o que aparece postado. Criaremos ainda a seção Contribuição, para todos aqueles que puderem contribuir financeiramente com a manutenção do nosso portal. A página estará sempre aberta a iniciativas que visem aprimorar a qualidade da informação”, destacaram os editores.

Comments

comments