WFPHA abre chamada para novos grupos de trabalho


Fortalecer a cooperação internacional científica entre os diversos membros das associações nacionais em saúde pública foi uma das deliberações do Encontro Anual da World Federation of Public Health Association (WFPHA), realizado em maio, em Genebra, Suíça. Para isso, a federação organizou as linhas gerais para a formalização dos grupos de trabalho – ou working groups.

Para o professor Luiz Facchini, membro do Conselho Diretor da Abrasco e representante no Conselho da Federação, esta é uma das principais formas de ampliar as pautas da saúde global e aprofundar os laços de pesquisa e ação de brasileiros e estrangeiros. “Boa parte da comunidade científica brasileira já tem esse hábito e é fundamental a participação das associações nacionais nos grupos de trabalho da WFPHA. As pessoas podem e devem se juntar para discutir temas conexos com pesquisadores de outros países e assim oferecer as discussões acumuladas pela Abrasco e pelas universidades brasileiras em âmbito internacional.”

Atualmente, a Federação conta com grupos de trabalho em Saúde ambiental, Equidades globais em saúde, Saúde bucal, Educação e formação para profissionais da saúde pública e Controle ao tabagismo.

As linhas gerais definem que os grupos de trabalho (WG) devem ter seus presidentes indicados e filiados às associações nacionais, estar alinhados ao plano estratégico da Federação, apresentar termos de referência, plano de ação e orçamento no momento da apresentação. A validação dos grupos é dada pelo Conselho Gestor da entidade. Confira aqui o documento – em inglês, na íntegra. Veja também a matéria com o relatório final da reunião anual da WFPHA.

Comments

comments