Nota de solidariedade a Debora Diniz

Debora Diniz é uma importante antropóloga, professora, cientista e militante da área do feminismo, direitos humanos e saúde, autora de dezenas de livros e filmes e detentora de muitos prêmios, gozando de amplo reconhecimento nacional e internacional.

Desde julho de 2018, vive nos Estados Unidos da América, como professora visitante da Brown University, por ter sido obrigada a sair do Brasil em decorrência de ameaças à sua vida, o que a levou a ser incluída no Programa de Proteção aos Defensores de Direitos Humanos.

O exílio imposto a professora não a tem poupado, contudo, da continuidade de ataques e ameaças, agora exacerbados por um tweet (06/02/21) do presidente da República, distorcendo as suas palavras. As ameaças a Debora são muito graves e devem ser repudiadas por todos os que respeitam os direitos humanos. A Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco) tem a honra de ter Debora Diniz entre seus associados e, nesse momento, vem a público repudiar os ataques violentos e covardes de que tem sido alvo e manifestar sua total solidariedade a ela.

Comments

comments

Deixe um comentário