Gestão abrasquiana será o tema da próxima Ensaios & Diálogos em Saúde Coletiva

Este ano a Abrasco renovará sua Diretoria e, em maio, dará início ao processo eleitoral que escolherá o futuro presidente, seus 10 vices e os integrantes do Conselho da Diretoria. Todos os abrasquianos em dia com suas obrigações estatutárias são eleitores com direito de votar e ser votado.

Inserida neste processo, a próxima revista Ensaios & Diálogos em Saúde Coletiva quer saber a opinião dos associados sobre a Diretoria que liderou a Abrasco neste triênio 2015 – 2018 e qual deveria ser o objetivo maior da Associação para o próximo triênio.

Participe, opine, escreva-nos: a Comunicação da Abrasco receberá textos até o fim de abril.

Nas páginas da “Ensaios & Diálogos” pretendemos ser um espaço para reflexões sobre incertezas e reconstrução de modos de conviver solidários, para a reinvenção da democracia e para repensar o papel da Saúde Coletiva no contexto atual. Queremos ouvir os pesquisadores, jornalistas, profissionais de saúde coletiva, pessoas preocupadas com a ciência, com a formação, com o bem-estar, com a justiça social e com a felicidade.

Tentamos construir uma revista que traga narrativas sócio existenciais que nos ajudem a compreender o contemporâneo, ampliando nossa capacidade de funcionar com algum grau de empatia. Os Ensaios têm formato aberto. Exige-se respeito a alguma norma para citações. Que os textos não sejam difamatórios e que se procure comentar evidências e fenômenos concretos. O ensaio objetiva comentar o estado da arte, relatar experiências, levantar novas perguntas e indicar novos caminhos para políticas, para a pesquisa e difusão de conhecimento.

Comments

comments