Comissão da Verdade da Reforma Sanitária recebe relatos em site


Já está em funcionamento no site da Comissão da Verdade da Reforma Sanitária (CVRS) o envio de relatos de e sobre trabalhadores da saúde que tenham sofrido perseguições, violações, torturas, sequestros e assassinatos durante a ditadura militar que ocorreu no Brasil, de 1964 a 1985.

Os relatos ajudarão a Comissão a buscar informações sobre aqueles que ainda não tiveram seus direitos políticos restaurados, que seguem desaparecidos ou ainda que não foram identificados e a criar um banco de dados, que permitirá contar uma parte da História do Brasil, pelo ângulo da Saúde.

Foi criado especialmente para a Comissão o Sistema de Informação da Comissão (SISCVRS), que permite aos usuários incluir seus relatos pela internet e até por celular a partir do envio de mensagem para o site, que reúne as informações e as distribui no mapa.

Para incluir o relato, é necessário que a pessoa faça o seu login e crie uma senha. Desde o seu funcionamento (7/07), já foram postados 12 relatos, que mostram que a ditadura militar brasileira atingiu duramente o setor de saúde de norte a sul do país: Brasília, (2), Mato Grosso do Sul (1), Pará (1), Pernambuco (1), Rio de Janeiro (3), Rio Grande do Norte (1), Rondônia (1), Rio Grande do Sul (1) e São Paulo (1).

No mapa de relatos é possível verificar qual o tipo de violação sofrida pela vítima, assim como em quais estados elas ocorreram. Por questões de segurança e privacidade, os dados pessoais de quem cadastrou não são exibidos. O mapa servirá como um instrumento de pesquisa para aqueles que se interessem pelo assunto.

A CVRS tem como objetivo investigar as violações de direitos humanos praticados por agentes do estado (1964 – 1985) contra trabalhadores da saúde, de modo a compartilhar as informações e conhecimentos produzidos com outras entidades e instituições que partilhem dos mesmos objetivos e princípios, e com a sociedade brasileira, em geral, de modo a contribuir para um projeto de sociedade democrática e justa.

Criada pela Abrasco (Associação Brasileira de Saúde Coletiva) e pelo Cebes (Centro Brasileiro de Estudos de Saúde), tendo sido lançada durante o VI Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde, da Abrasco, em novembro/2013, a Comissão conta com o apoio do Icict, da Ensp, da ASFOC-SN e da Comissão da Verdade Rio, e tem núcleos nos estados da Bahia, Brasília, Mato Grosso, Paraná, Pernambuco, São Paulo e Rio de Janeiro.

Para obter outras informações sobre a Comissão Nacional da Reforma Sanitária, acesse o site da CVRS.

Comments

comments