Mais do que um congresso, o Abrascão


Como uma grande explosão, onde diversas atividades, entre mesas-redondas, comunicações científicas, atividades políticas e culturais, lançamento de livros e de projetos, acontecem simultaneamente, o 11º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, o Abrascão 2015, realizado entre os dias 27 de julho a 1º de agosto, funcionou como um centro irradiador de conhecimentos, propostas e novas ações no campo da Saúde Pública.

Quem vê tudo em pleno funcionamento – e dando certo – comumente não sabe a quantidade de gente que se juntou para que cada pedaço do Abrascão funcionasse. Também não sabem quantas pessoas envolvidas ao longo de todas as etapas do evento, permitindo que cada parte se encaixe com maestria para um resultado significativo. Uma estimativa realizada para a produção desse texto indica o número mínimo de 400 pessoas, contando com as comissões científica, local, de cultura e da Tenda Oraida Abreu, além da Equipe Abrasco e funcionários contratados diretamente pela Associação e empresas parceiras.

Para se ter uma ideia, o Abrascão 2015 começou muito antes da virada deste ano. O anúncio de Goiânia como próxima sede foi dado ao término do Abrascão de Porto Alegre, em 2012 e, desde então, em todas as reuniões de diretoria, o desenvolvimento do congresso foi acompanhado de perto, com uma específica sobre a preparação do evento, realizada em fevereiro de 2015.

Nos dias 13 e 14 de fevereiro de 2014, em Pirenópolis (GO), foi realizada a primeira oficina da diretoria da Abrasco com a comissão local. Já o primeiro encontro da Comissão Científica se deu no Rio de Janeiro, em 1º de outubro de 2014, para o lançamento do site oficial do evento. A Comissão Científica ainda faria uma reunião em dezembro de 2014, outra em fevereiro de 2015 e, em 24 e 25 de abril deste ano, sua última reunião para a avaliação final dos resumos. Junto às reuniões, foram realizadas cinco visitas técnicas no campus para avaliar e preparar a estrutura local às condições necessárias para o congresso.

Enquanto a Abrasco e a Comissão Científica nacional cuidavam das inscrições e da programação, a Comissão local e a Comissão de Cultura mobilizaram as condições para que todos fossem bem recebidos. Foram mais de 300 estudantes voluntários que auxiliaram na localização das atividades dentro do Campus Samambaia. Entre os grupos artísticos e performáticos, foram selecionadas 41 atrações, sem contar os expositores de artigos de artesanato e de culinária que movimentaram a Feira do Cerrado.

Além das reuniões preparatórias, o Abrascão contou com dois pré-eventos, os seminários A Gestão da Saúde no Brasil, realizado de 11 a 12 de março, em São Paulo (SP) e A garantia do direito à saúde no Brasil, realizado nos dias 08 e 09 de julho, em Salvador (BA). Ambos os eventos reuniram especialistas, tanto das áreas de gestão e administração hospitalar e em saúde quanto do direito à saúde e dos direitos trabalhistas. Ao todo, foram reunidas quase 200 pessoas nos dois eventos.

Durante o congresso: Ao longo de todo esse tempo, a equipe da Secretaria Executiva da Abrasco foi preparando suas rotinas e atividades para desempenhar o serviço aos associados, congressistas e convidados da melhor maneira possível.

Para as eleições da nova diretoria, foram respeitados todos os prazos de divulgação, inscrição e votação, com a abertura do processo em 1º de junho e conclusão na Assembleia Geral da Associação, em 31 de julho. Durante o Congresso, houve um estande só para os associados. “Nós enviamos cédulas de votação para os abrasquianos adimplentes e, durante o evento, quem não havia encaminhado a cédula pôde votar aqui no estande, onde ficaram as urnas – tanto para sócios individuais como institucionais. Os participantes do congresso que se associaram à Abrasco durante o evento também puderam votar”, explicou Janaína Hora, do setor de Associados.

Na recepção, acomodação e logística dos 435 convidados, a equipe composta por Maria Inês Genoese, Marco Aurélio Pinto e Roberta Nascimento realizou as rotinas com a devida atenção e cuidado para que nada atrapalhasse a chegada, presença e saída dos renomados pesquisadores nacionais e internacionais.

“Outra atividade da Secretaria Executiva foi contratar e administrar todos os serviços do congresso, desde logística, até suporte técnico, contando com prestadores de diversas partes do país. As escolhas sempre consideraram seguiram as regras para tomadas de preço, respeitando as regras das instituições financiadoras e pensando na saúde financeira da Associação”, contou Marco Aurélio, que, para a execução em bom termo dessas atividades, há também o trabalho da gerência administrativa, liderada por Hebe Patoléa, e com o apoio de Andrea Alencar, Aline Rodrigues, Cátia Souza e Jorge Lucas, na recepção de pedidos e na expedição de notas e pagamentos.

Mas abrir a lona desse enorme picadeiro exige muitos mais braços, a Abrasco conta com dois importantes parceiros para o desempenho do evento: a XR2 Equipamentos, responsável pelos telões, totens, computadores e pela recepção das apresentações eletrônicas, e a Método Eventos, no trabalho de credenciamento e atendimento nas salas do evento. Ambas as equipes mobilizaram, entre profissionais do Rio de Janeiro e contratados em Goiânia, mais de 100 pessoas, principalmente técnicos e recepcionistas.

Divulgando conhecimento: Outra importante frente é a Abrasco Livros, coordenada por Inez Saurin e com o trabalho de Fidel Pinheiro e Monica Firmino. “Temos um cuidado especial em definir o espaço editorial dentro do Abrascão, onde possamos agregar a livraria, o Espaço Saúde & Letras e as revistas científicas. Neste ano, pensando no conforto dos congressistas, montamos uma livraria de 100 m², na qual dispomos as obras por área de interesse; novidades e lançamentos do Congresso”, detalhou ela, que aproveita o vulto do evento para estabelecer e consolidar parcerias com as principais editorais científicas e dar visibilidade aos pesquisadores e autores de livros. Nos cinco dias de Abrascão, a Abrasco Livros vendeu 4.683 exemplares. 

“Muitos dos autores envolvidos na construção do Abrascão nos informam e solicitam para que suas publicações estejam disponíveis no estande e componham a sessão de lançamentos. Nesta edição do Abrascão, a livraria Abrasco Livros organizou 33 títulos para os lançamentos editorais coletivos, além dos sete volumes de 2015 da Revista Ciência & Saúde Coletiva”, disse Inez, que destacou ainda o apoio fundamental da Editora Fiocruz, na programação dos debates e atividades do Espaço Saúde & Letras.

E, para dar a dimensão desse todo de corações e mentes envolvidas com a Saúde Coletiva, a equipe de Comunicação da Abrasco vem acompanhando cada passo, cada atividade, produzindo matérias para o Portal Abrasco, noticiando os eventos no instante em que acontecem nas redes sociais, e desempenhando o trabalho de assessoria de imprensa, colocando os veículos da imprensa comercial e especializada em contato com os pesquisadores e dirigentes dos Grupos Temáticos, Comissões, Diretoria, Fóruns e Conselho da Abrasco.

Para o Congresso, a Comunicação Abrasco recebeu reforços substanciais de jornalistas de Goiânia especializados em Saúde, repetiu a parceria com o time da Ninoca Comunicação, responsável pela TV Abrasco, e com a Agência Kah, que realizou a cobertura fotográfica. Somados, os núcleos de texto, foto e vídeo mobilizaram 15 profissionais. O resultado está aqui, nesta e nas mais de 130 matérias até o momento produzidas e que podem ser todas lidas na página do Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva do Portal Abrasco, nas postagens acompanhadas e compartilhadas por mais de 18 mil seguidores no Facebook, e na lembrança de todos os participantes desse evento, que é mais do que um congresso. É o Abrascão.

Confira o vídeo da TV Abrasco com as declarações de Carlos Silva e Thiago Barreto, secretários-executivos titular e adjunto, respectivamente, e de Hebe Patoléa, gerente da Abrasco, sobre os preparativos do Abrascão:

Comments

comments