Ágora Abrasco, uma nova forma da Saúde Coletiva produzir respostas à pandemia

Atualizada em 06/04/2020

Diante da ameaça à saúde das populações imposta pelo novo coronavírus, que desafia governos, autoridades sanitárias e sistemas de saúde, além de evidenciar vulnerabilidades provocadas pelas formas de produção e pelas condições de vida em sociedades de todo o mundo, a diretoria da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco) convida todas e todos para a Ágora Abrasco, uma programação de atividades diversificadas transmitidas pela internet com o objetivo de acompanhar o desenvolvimento da pandemia, compreender fenômenos e propor respostas.

A Ágora Abrasco visa, ainda, proporcionar diálogos e debates com diversos públicos, oferecendo um espaço de informação, de escuta e de troca intelectual. Desta forma, a Abrasco se soma aos esforços de construção de alternativas às fake news e às campanhas de desinformação estimuladas e disseminadas por atores políticos no contexto desta pandemia.

A programação acontecerá de quarta a sexta-feira, sempre às 16 horas, e vai se valer da ferramenta da TV Abrasco, canal da Associação no YouTube. São três os formatos, um para cada dia:

Às quartas-feiras, os painéis irão reunir de 4 a 8 pesquisadores e personalidades de áreas distintas para analisar questões aplicadas ou controversas dos campos da Saúde Coletiva, da Ciência, da Educação e das Políticas Públicas, proporcionando diálogos e debates com diversidade e profundidade.

Às quintas-feiras as lives serão transmitidas pela TV Abrasco para análises e conversas diretas e objetivas, com um ou dois pesquisadores da Abrasco, sobre temas candentes das conjunturas, seja da saúde, da política nacional ou internacional.

Na sexta-feira, a ágora, um espaço aberto que buscará identificar os destaques da semana, esclarecer questões, desmentir fake news, avaliar medidas e propostas. Sem temas pré-programados e voltada à ampla participação dos internautas, a ágora reafirmará a saúde como direito, o conhecimento como ponto de partida, e a diversidade como meta.

Em todas as atividades, o público poderá interagir com perguntas, dúvidas e comentários por meio do chat do YouTube, mediado pela Comunicação Abrasco.

O lançamento da Ágora Abrasco será na terça-feira, 7 de abril, Dia Mundial da Saúde, com a presidente da Abrasco, Gulnar Azevedo, com uma mensagem e diálogo ao vivo para a população e os profissionais de saúde. “Neste momento em que vivemos uma crise sanitária, econômica e política sem precedentes é fundamental buscarmos outras formas de encontro e de troca para que possamos refletir e agir diante desse cenário. Por isso, a diretoria da Abrasco propõe essa programação de debates pela internet, explorando a potencialidade dessa ferramenta para uma comunicação mais próxima e com maior diálogo social, para juntos pensarmos respostas efetivas à pandemia sem esquecer da defesa dos direitos e da integridade das pessoas e populações. Assistam e participem” convida Gulnar.

Na quarta-feira, dia 8, as ações necessárias para que o Sistema Único de Saúde – SUS – consiga responder à pandemia e cumprir sua função social com a qualidade e eficência serão tema do primeiro painel da Ágora Abrasco. A sessão Plano para controle da Covid-19 contará com as participações e Eli Iola Gurgel, professora titular da Faculdade de Medicina da UFMG, e conselheira da Abrasco, falando sobre a dimensão dos investimentos necessários; Gastão Wagner de Sousa Campos, professor titular da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp e presidente Abrasco (2015-2018),  que abordará as ações de coordenação dessenvolvidas pelo SUS; Glória Teixeira, professora do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da UFBA, analisando o quadro geral da pandemia, e Gonçalo Vecina, professor titular da Faculdade de Saúde Pública da USP, ex-presidente da Anvisa e ex-secretário de saúde da cidade de São Paulo, que falará sobre a regulação dos leitos das redes pública e privada.  A coordenação será de Rosana Onocko, docente também da FCM/Unicamp e vice-presidente da Abrasco.

A semana será de painel duplo, com a sessão A pandemia da Covid-19: desafios para a epidemiologia na quinta-feira, 9 de abril, sempre às 16 horas. Com coordenação de Gulnar Azevedo, o páinel trará Cesar Victora, docente do departamento de Epidemiologia daUFPel, e Lígia Kerr, professora da Faculdade de Medicina da UFC, que irão apresentar os desafios  impostos pelo SARSp-CoV-2 às pesquisas epidemiológicas.

Para finalizar a semana, a primeira ágora será mediada por Naomar de Almeida Filho, vice-presidente da Associação, e contará com um grande número de abrasquianos e abrasquianas de todas as gerações. ” A ágora da Abrasco será um espaço aberto de interação e permanente dialogo da comunidade dos sanitaristas com a população, que neste momento dramático necessita de informação plena de credibilidade e responsabilidade” destaca.

Inscreva-se na TV Abrasco e ative o sino para receber as notificações e não perder nenhuma edição.

Ágora Abrasco – um novo ponto de encontro da Saúde Coletiva

Programação da primeira semana, de 7 a 10 de abril

Sempre às 16 horas

Terça-feira, 7 de abril – Lançamento  
Live: Mensagem da Abrasco para a população e para os profissionais de saúde
com Gulnar Azevedo e Silva
Clique e assista à sessão na TV Abrasco

Quarta-feira, 8 de abril
Painel: Plano para controle da Covid-19
com Eli Iola Gurgel, Gastão Wagner de Sousa Campos, Glória Teixeira e Gonçalo Vecina
Coordenação: Rosana Onocko
Clique e assista à sessão na TV Abrasco

Quinta-feira, 9 de abril
A pandemia da Covid-19: desafios para a epidemiologia
com Claudio Maierovitch Henriques, Cesar Victora e Lígia Kerr
Coordenação: Gulnar Azevedo e Silva
Clique e assista à sessão na TV Abrasco

Sexta-feira, 10 de abril
Ágora Abrasco  – Atividade cancelada
Coordenação: Naomar de Almeida Filho

Comments

comments

Um comentário sobre “Ágora Abrasco, uma nova forma da Saúde Coletiva produzir respostas à pandemia

Deixe uma resposta