Abrasco participa do novo comitê consultivo da BVS Brasil


Realizada entre 14 e 16 de maio, a 7ª reunião da Rede Biblioteca Virtual em Saúde (BVS Brasil) ampliou as discussões sobre formas de potencializar o acesso e o alcance dos conteúdos da plataforma e definiu nova conformação do seu comitê consultivo. A Abrasco participa de mais este espaço de discussão e atuação representada por Moisés Goldbaum, professor doutor do Departamento de Medicina Preventiva da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (DMP-FM/USP) e ex-presidente da entidade.

Nos primeiros dois dias, o encontro aconteceu na Escola Municipal de Saúde da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo (EMS/SMS) como tema Avançando com a Governança da BVS Brasil. Participaram do evento representantes das equipes de coordenação e operação de instâncias da BVS no Brasil para discutir propostas e ações de fortalecimento da condução da plataforma, incluindo a revisão das funções, responsabilidades e formas de atuação das instâncias de governança. Ao final, foram definidos os representantes do comitê consultivo, que realizou sua primeira reunião no último dia do encontro, já na sede da BIREME, também em São Paulo.

Entre os pontos definidos para as primeiras ações do plano de trabalho do comitê, a revisão e identificação do público-alvo da plataforma foi o mais debatido. Para os presentes, diante de ferramentas como SciELO, Portal de Periódicos e Cochrane Library, notadamente utilizadas por pesquisadores, a BVS Brasil deve ampliar o diálogo com gestores de saúde de diversas esferas para que esses possam ser multiplicadores dos conteúdos disponibilizados, fazendo da plataforma uma ferramenta para a tomada de decisão.

Para Goldbaum, a Abrasco tem um importante papel a desempenhar no comitê. “Como entidade representativa da comunidade de Saúde Coletiva, a Abrasco tem toda importância de estar neste comitê, pois pode trazer as demandas da nossa comunidade que responde pela Saúde Pública brasileira, além de aportar conhecimentos produzidos e tecnologias desenvolvidas neste campo de atuação”.

O Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (também conhecido pelo seu nome original Biblioteca Regional de Medicina -BIREME) apoiou a iniciativa do debate, bem como a nova conformação. “A instalação do comitê consultivo representa um avanço concreto na consolidação da BVS Brasil”, explicou o diretor Adalberto Tardelli.

Além da Abrasco, compõem o comitê os seguintes órgãos:  Vice-Presidência de Ensino, Informação e Comunicação da Fiocruz; Rede Interagencial de Informações para a Saúde (Ripsa); Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade (SBMFC); Associação Brasileira de Ensino Odontológico (Abeno); Associação Brasileira de Enfermagem (ABEn); Conselho Federal de Psicologia (CFP); Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), e Coordenação Geral de Documentação e Informação do Ministério da Saúde (CGDI/SAA/SE/MS), além de representantes do próprio Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (BIREME/OPAS/OMS) e das instâncias certificadas e em desenvolvimento da Rede (BVS Integralidade e BVS Adolec). A Coordenação é do Comitê Executivo da Rede BVS Brasil (BVS Fiocruz). Outras informações podem ser conferidas na página da BIREME.

Comments

comments