Abrasco encaminha contribuição ao novo Guia Alimentar do Ministério


Fruto de intenso trabalho teórico e político, o Grupo Temático Alimentação e Nutrição em Saúde Pública (GT ANSC) concluiu as contribuições da Abrasco para a nova versão do Guia Alimentar para a população Brasileira e encaminhou ofício com as propostas à Coordenação Geral de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde (CGAN/MS), aos cuidados da responsável técnica do setor, Patrícia Constante Jaime. As discussões sobre o documento oficial de orientações à alimentação e nutrição foram iniciadas no encontro anual do GT, realizado entre 12 e 13 de março, no Instituto de Nutrição da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (INU/UERJ) e o documento foi expedido em 26 de maio.

Na carta de intenções, o GT ANSC ressalta o papel político da contribuição como para que a nova edição do Guia reflita o papel que a alimentação adequada e saudável (AAS) deve ter na promoção da saúde em um mundo onde o acesso à informação já não apresenta as mesmas dificuldades de quando o modelo normativo dos Guias Alimentares surgiu e num país como o Brasil, entremeado por diferentes realidades socioculturais e desigualdades regionais.

Os pesquisadores avaliam como positivo o eixo estruturante desta nova versão ser a nova classificação de alimentos segundo seu grau de processamento, e não a partir da composição de nutrientes, bem como o destaque dado à centralidade da alimentação/comida, uma postura política e estratégica frente aos produtos que integram os maiores fatores de risco à saúde e, também, à indústria de alimentos, que opera no incentivo ao consumo de produtos processados e ultraprocessados.

No entanto, chamam a atenção sobre fragilidade conceitual no tratamento dos sujeitos aos quais se destina o Guia, sendo necessário construir diálogos tanto com a população quanto com os profissionais de saúde, e sobre a dificuldade de traduzir as proposições e as recomendações indicadas para o cotidiano da maioria da população trabalhadora, carente de tempo e de informação para preparar suas próprias refeições. Confira os documento na íntegra na biblioteca de documentos do GT ANSC.

Comments

comments