Abrasco convoca comunidade científica para a Marcha Pela Ciência

Este slideshow necessita de JavaScript.

A Abrasco convoca toda a comunidade científica a participar da Marcha Pela Ciência, mobilização mundial de apoio à pesquisa científica que terá manifestações em pelo menos 300 cidades pelo mundo, no próximo dia 22 de abril. Apoiamos integralmente a iniciativa e convidamos todos nossos associados a participarem da mobilização. A marcha no Brasil deve movimentar as principais entidades científicas com o objetivo de mobilizar a ciência, estudantes e principalmente os pós-graduandos em defesa do reajuste de bolsas, da previdência para os mesmos, da implementação de ações afirmativas na pós-graduação e pela defesa do orçamento público da ciência e tecnologia.

No Brasil, onde a ciência está em risco por conta dos cortes indiscriminados nos orçamentos do governo, estão confirmadas manifestações em 25 cidades*. Já têm site e/ou convocação nas redes sociais os eventos em Belém, Belo Horizonte, Diamantina, Natal, Pato Branco, Petrópolis, Petrolina, Porto Alegre, Manaus, Rio de Janeiro e São Paulo.

O Departamento de Engenharia da Produção da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, juntamente com a Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Norte e o Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte, participarão da Marcha Pela Ciência Natal, na manhã do dia 22 de abril, com concentração na Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Em São Paulo, a Marcha sairá às 14h00 do Largo da Batata, na capital paulista a iniciativa partiu de alunos e professores da USP, em parceria com a Associação Nacional de Pós-Graduandos, e apoiada pela Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência. Além de São Paulo e Natal, a cidade do Rio de Janeiro anunciou concentração pela Ciência a partir das 10h00 na Quinta da Boa Vista, em frente ao Museu Nacional –  um prédio simbólico da ciência no Brasil. A atividade terá como mote “Conhecimento sem cortes”, com o objetivo de denunciar e criticar os enormes cortes que ocorreram nos recursos para C&T. Neste dia a Abrasco será representada por Guilherme Franco Netto, vice-presidente da Associação, especialista em Saúde, Ambiente e Sustentabilidade da Fundação Oswaldo Cruz e Pesquisador Visitante do Núcleo de Estudos de Saúde Pública da Universidade de Brasília.

A data escolhida para o manifesto, 22 de abril​, coincide com o Dia Internacional da Terra e representa a união dos cientistas e da sociedade em geral pela valorização das pesquisas na manutenção de políticas públicas e o incentivo para o desenvolvimento de soluções inovadoras e sustentáveis. Os organizadores criaram uma página no Facebook com o objetivo de divulgar o evento e mostrar que acreditam em uma educação científica mais aberta e consciente. O site internacional do evento www.marchforscience.com explica os objetivos da mobilização e mostra as várias instituições que já aderiram ao protesto.

Confira as cidades já confirmadas:

Porto Alegre (RS) – 11h – Redenção – Pq. da Farroupilha

Patro Branco (PR) – 15h – Praça da Cidade

São Paulo (SP) 14h – Largo da Batata

Rio de Janeiro (RJ) – 10h – Museu Nacional

Petrópolis (RJ) – 10h – Centro Histórico

Belo Horizonte (MG) – 10h – Praça da Liberdade

Diamantina (MG) – 8h – Praça Barão Guacuí

Goiânia (GO) – 16h – Praça Universitária

Petrolina (PE) – 9h – Praça do Bambuzinho

Natal (RN) – 16h – Parque da Cidade

Belém (PA) – 10h – Theatro da Paz

Manaus (AM) – 10h30 – Musa do Largo

*ATUALIZAÇÃO: Já são 25 cidades brasileiras com atividades programadas, conforme o mapa da organização da Marcha pela Ciência no Brasil – Clique aqui e confira.

Comments

comments