3º Simpósio de Ciências Sociais e Humanas em Saúde


A Comissão de Ciências Sociais e Humanas em Saúde da Abrasco e a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca promoverão, no dia 2 de setembro, o 3º Simpósio de Ciências Sociais e Humanas em Saúde, com o foco na pesquisa social no campo da Saúde Coletiva. O evento começará às 09h00, ( no Auditório Internacional da ENSP – Rio de Janeiro – Rua Leopoldo Bulhões, 1780) e tem como objetivo de refletir sobre o percurso e situação atual da pesquisa em Ciências Humanas e Sociais em Saúde, identificando suas principais abordagens teórico-metodológicas, objetos e técnicas de pesquisa, bem como suas principais contribuições para o campo da Saúde Coletiva e atuais desafios metodológicos e político-institucionais. A atividade terá apresentação de painel, debates e a composição de grupos de trabalho para aprofundamento do tema.

Com o 3º Simpósio “A Pesquisa em Foco: Diversidade de abordagens metodológicas da área e a sustentabilidade do projeto interdisciplinar”, a Comissão promove uma apreensão mais aprofundada de caráter epistemológico, que contemple a pluralidade de enfoques e abordagens teórico-metodológicos e as especificidades nos modos de produção do conhecimento com vistas a apresentar uma agenda para o futuro.

A Comissão de Ciências Sociais e Humanas em Saúde da Abrasco é um fórum de diálogo em meio à pluralidade de discursos, saberes e práticas presentes no campo da Saúde Coletiva. A Comissão pretende atualizar sua atuação pela compreensão das dimensões de sua inserção institucional no ensino, na pesquisa e na extensão, renovando seu Plano Diretor a luz dos debates realizados nos 5º e 6º Congressos de Ciências Sociais e Humanas em Saúde, que trataram do lugar que ocupa na Saúde Coletiva e, da pluralidade de sujeitos e práticas circulantes no campo desse núcleo especifico. Para tal, propôs a realização de um Ciclo de Simpósios como uma agenda de reuniões temáticas, articuladas e preparatórias ao 7º Congresso específico da área, que se realizará em outubro, em Cuiabá. A temática deste congresso visa refletir sobre o agir em saúde em contexto de diversidade de enfoques e adversidade, sobre o pensamento reflexivo das Ciências Sociais e Humanas cuja marca principal são o pensamento crítico, a luta pela emancipação da sociedade e respeito a alteridade dos semelhantes que nela se mantém em convivência.

O Ciclo de Simpósios pretende favorecer a troca de experiências e a difusão do conhecimento produzido e/ou as lacunas a serem superadas sobre o perfil dos sujeitos, práticas, abordagens e produtos que expressam a atuação e contribuição da área de CSHS no campo saúde coletiva, problematizando os desafios de ordem conceitual, metodológica, institucional etc.

Até agora já se realizaram os Simpósios “O Ensino em Foco” e “A Extensão e as Ciências Sociais e Humanas: práxis cientifica social e política na Saúde Coletiva”, respectivamente em Vitoria durante o pré-Congresso de Epidemiologia (2014) e em Goiânia, durante o Abrascão (2015).

Programação

Manhã
09h00 – Abertura com a presidente da Comissão CSHS da Abrasco e com a vice-direção de Pesquisa e de Ensino da ENSP.
9h30 às 11h30 – Painel sobre condições de desenvolvimento da pesquisa em CSHS no âmbito dos P&G em Saúde Coletiva – Coordenação Tatiana Engel Gerhardt

Painelistas:
Áurea Maria Z Ianni – “A diversidade de abordagens metodológicas das CSHS no campo da Saúde Coletiva”
Suely Deslandes – “Sustentação dos Programas de Saúde Coletiva em sua abordagem multidisciplinar”
Sheyla Ferraz / Cristiani Vieira – “Condição de desenvolvimento da pesquisa em CSHS na ENSP face a articulação de várias áreas de formação no PPGSP.”
Leny Trad – “Contribuições das Ciências Sociais e Humanas a Saúde Coletiva – um perfil contemporâneo”

Debate

Almoço

Tarde
14h00 às 15h30 – Grupo de Trabalho para discussão de roteiro sobre “Desafios na pesquisa em CSHS no âmbito dos programas de P&G em Saúde Coletiva”
15h45 – Apresentação da relatoria e encaminhamento de agenda propositiva.
16h30 – Encerramento

Tópicos Para o Debate em Grupos (2):
1.Robustez e articulação das linhas de pesquisa
2. Sustentabilidade dos grupos de pesquisa no âmbito dos programas e as articulações internas e externas (com os demais grupos da área de SC, das Ciências Sociais
3. Principais desafios na esfera epistemológica

O simpósio é destinado a membros efetivos ou suplentes da Comissão de Ciências Sociais e Humanas da Abrasco, que representam os programas de pós-graduação em SC em suas expressões loco-regional, lideranças do campo das CSHS; coordenadores de pós-graduação, de ensino ou extensão em CSHS.

Comissão de Ciências Sociais e Humanas de Saúde da Abrasco:

Tatiana Engel Gerhardt (PPGSC/UFRGS)
Maria Helena Mendonça (ENSP/Fiocruz)
Reni Aparecida Barsaglini (UFMT)
Luis Eduardo Batista Instituto de Saúde (IS/SESP)
Marcia Couto Falcão – FMP/FMUSP
Marilene Castilho de Sá – ENSP/FIOCRUZ
Patrícia Montanari – FCM/ SANTA CASA DE SÃO PAULO.
Ana Valéria Machado Mendonça – FCS/UNB
Elza Machado de Melo – FM/UFMG
Áurea Maria Zöllner Ianni – FSP/USP
Rachel Aisengart Menezes – IESC/UFRJ
Roseni Pinheiro – IMS/UERJ
Leny A. Bomfim Trad) – ISC/UFBA
Daniela Riva Knauth – PPGEPI/UFRGS
Silvia Viodres – PUC/SANTOS
Andrea Caprara – UEC
Maria Lucia Bosi –UFCE
Nelson Felice – UNICAMP
Rosendo Freitas de Amorim – UFCE
Laura Cecília López- UNIVERSIDADE DO VALE DOS SINOS
Denise Martin Coviello – UNIFESP

Outros Participantes

Sueli Deslands – IFF/Fiocruz
Kenneth Camargo Jr– IMS/UERJ

 

Comments

comments