Gulnar Azevedo abre Ágora Abrasco: “Mais do que nunca, o SUS pode fazer a diferença”


A live de lançamento da Ágora Abrasco teve a mensagem da presidente Gulnar Azevedo, e moderação da jornalista Hara Flaeschen

O primeiro evento da Ágora Abrasco ocorreu nesta terça-feira, 07 de abril, Dia Mundial da Saúde com um pronunciamento da presidente da Associação, Gulnar Azevedo. Em sua fala, Gulnar enalteceu o trabalho dos profissionais de saúde diante do cenário de pandemia, apontou a necessidade de manutenção da política de isolamento e também falou sobre a importância de fortalecimento do SUS e da liberação dos auxílios para as pessoas poderem ficar em casa.

Ao se dirigir à população, a presidente da Abrasco afirmou que as mensagens em tempos como este costumam ser difíceis: “Não é fácil para a gente hoje dizer para a população ficar em casa, inclusive sem ir a unidades de saúde e optando por teleatendimento. Isso rompe com muitos paradigmas, mas é essencial no momento”. Além disso, destacou a importância da defesa do SUS: “Mais do que nunca o SUS pode fazer a diferença agora. Precisamos ter um plano organizado em todos os níveis, mas sobretudo com aumento do financiamento do SUS”. Foi apontada também a importância de o Sistema regular os leitos privados neste momento: “Não é simples organizar a necessidade dos leitos. É fundamental entendermos que os leitos privados precisam de regulação do SUS”.

O pronunciamento também contou com a interação do público que enviou perguntas para Gulnar Azevedo. Confira abaixo os temas e as respostas:

Campanha de vacinação para gripe neste momento: “Existe recomendação para que, principalmente idosos, façam, pois nessa época aumenta o número de casos de gripe. Mas temos de ter cuidados, pois idosos não podem ir pra unidade de saúde e ficar junto com pessoas com suspeita de Covid-19.”

Coronavírus e as dificuldades das moradias em favelas e periferias: “Não podemos culpabilizar as vítimas. Há necessidade de apoio da sociedade, mas principalmente do Estado em garantir condições para o auxílio chegar. Seria cruel exigirmos que as pessoas fiquem em casa sem ter o que comer.”

Informações para a população: “Precisamos furar bolhas e chegar a quem precisa nos ouvir. Esse é o caminho que estamos buscando com essa nova forma de comunicação com a Ágora Abrasco.”

A Ágora Abrasco continua nessa quarta-feira, 08 de abril com o painel “Plano para controle da Covid-19″ com as participações dos abrasquianos Eli Iola Gurgel, Gastão Wagner de Sousa Campos, Glória Teixeira e Gonzalo Vecina. A atividade será coordenada pela professora Rosana Onocko.

Confira a íntegra do pronunciamento de Gulnar Azevedo, presidente Abrasco:

Comments

comments

Deixe uma resposta