Simpósio preparatório para 7º Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas é realizado na ENSP/Fiocruz


Pensando em refletir sobre o percurso e a atual situação da pesquisa em Ciências Humanas e Sociais em Saúde, identificando suas principais abordagens teórico-metodológicas, objetos e técnicas de pesquisa, além de suas principais contribuições para o campo da Saúde Coletiva e atuais desafios metodológicos e político-institucionais, a Comissão de Ciências Sociais e Humanas em Saúde da Abrasco e a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca realizaram, no dia 2 de setembro, o III Simpósio de Ciências Sociais e Humanas em Saúde, com foco na pesquisa social no campo da Saúde Coletiva. A atividade promoveu uma apreensão mais aprofundada, de caráter epistemológico, que contemplou a pluralidade de enfoques e abordagens teórico-metodológicos e as especificidades nos modos de produção do conhecimento, apresentando uma agenda para o futuro.

+ Acesse o site do 7º Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde

O Simpósio iniciou com uma mesa de abertura, seguida de um painel sobre Condições de Desenvolvimento da Pesquisa em Ciências Sociais e Humanas em Saúde (CSHS) no âmbito dos Programas de Pós-Graduação em Saúde Coletiva. Coordenado pela presidente da comissão CSHS e do 7º Simpósio Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas, Tatiana Engel Gerhrdt, o painel contou com as apresentações das membros da comissão de Ciências Sociais e Humanas Aurea Maria Ianni, Suely Deslandes e Leny Trad, e da vice-diretora de Pesquisa da ENSP, Sheila Ferraz.

Aurea Ianni mencionou a diversidade de abordagens metodológicas das CSHS no campo da Saúde Coletiva. Suely Deslandes falou sobre a sustentação dos Programas de Saúde Coletiva em sua abordagem multidisciplinar. Leny Trad trouxe contribuições das Ciências Sociais e Humanas para a Saúde Coletiva. Por fim, Sheila Ferraz citou as condições de desenvolvimento da pesquisa em CSHS na ENSP, face à articulação de várias áreas de formação no Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública. O Simpósio foi dividido em dois momentos: o primeiro, na parte da manhã, trazendo as discussões do painel; já o segundo, à tarde, com as discussões do Grupo de Trabalho sobre os desafios na pesquisa em Ciências Sociais e Humanas em Saúde, no âmbito dos Programas de Pós-Graduação em Saúde Coletiva.

Confira aqui a matéria original  e assista abaixo, na íntegra, o debate:

Comments

comments