Assista os vídeos do debate O Sistema de Avaliação da Pós-Graduação no Brasil


A necessidade premente de mudanças no sistema de avaliação que rege os programas de pós-graduação do país foi a questão central abordada na mesa-redonda O Sistema de Avaliação da Pós-Graduação no Brasil: avanços, limites e possibilidades, promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, da Fundação Oswaldo Cruz (ENSP/Fiocruz), em 12 de julho. O evento contou com a participação de Maurício Barreto, pesquisador do Centro de Pesquisa Gonçalo Moniz (Fiocruz Bahia) e docente do Instituto de Saúde Coletiva, da Universidade Federal da Bahia (ISC/UFBA) e de Guilherme Werneck, docente do Instituto de Estudos em Saúde Coletiva, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IESC/UFRJ), do Instituto de Medicina Social, da Universidade do Estado do Rio de Janeiro e coordenador da área da Saúde Coletiva junto à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Tatiana Wargas, vice-diretora de Ensino da ENSP/Fiocruz, foi a comentadora do encontro e conduziu a mediação do debate.

A atividade teve cobertura do Informe ENSP e registro na íntegra da ENSP TV. Os mesmos palestrantes promoveram este debate em artigos e entrevista publicadas no primeiro número da Ensaios e Diálogos em Saúde Coletiva. Acesse a edição e confira abaixo os vídeos:

O Sistema de Avaliação da Pós-Graduação no Brasil – mesa de abertura e Maurício Lima Barreto


O Sistema de Avaliação da Pós-Graduação no Brasil – Guilherme Werneck

O Sistema de Avaliação da Pós-Graduação no Brasil – Tatiana Wargas e debate

Comments

comments