Novas ameaças: painel discute as variantes do coronavírus

Para contribuir para a compreensão e o enfrentamento do atual estágio da pandemia no Brasil, o painel “Variantes do coronavírus: novas ameaças” da Ágora Abrasco aconteceu no último dia 5 e trouxe importantes e esclarecedoras falas. Coordenada por Lígia Kerr, professora da Universidade Federal do Ceará (UFC), presidente do 11º Congresso Brasileiro de Epidemiologia e membro da Comissão de Epidemiologia da Abrasco, a atividade contou com a participação de diversos pesquisadores que se dedicam ao estudo molecular do SARS-CoV 2 aplicado à vigilância epidemiológica.

Ester Sabino e Expedito Luna, do Instituto de Medicina Tropical da Universidade de São Paulo; Felipe Naveca e Marcus Lacerda, do Instituto Leônidas e Maria Deane da Fiocruz Amazônia; e Paola Resende, do Instituto Oswaldo Cruz da Fiocruz, participaram do debate.

Lígia Kerr destacou os estudos, não só do novo coronavírus, mas também as investigações anteriores dos pesquisadores, e a necessidade da formação de redes para o avanço das pesquisas no Brasil. “A Abrasco, a Fiocruz, e todas as instituições que estão reunidas aqui precisam dar respostas a essa questão que é a vigilância genômica do SARS-CoV 2”, pontuou.

Assista ao painel na íntegra:

Comments

comments

Deixe uma resposta