Ágora Abrasco: veja a programação de 19 a 21 de maio

Este slideshow necessita de JavaScript.

A sétima semana da Ágora Abrasco se inicia em meio a um país devastado: são mais de 16 mil pessoas mortas em decorrência do coronavírus. As discussões acompanham o agravamento da pandemia e seus impactos sobre a saúde, a vida e morte da população brasileira. A programação desta semana traz o colóquio Saúde Mental e Covid-19: quais estratégias para lidar com essa realidade?, que reunirá pesquisadores de diferentes frentes da psicologia, psicanálise e psiquiatria, e o painel Invisibilidades e iniquidades na Amazônia: povos indígenas e a Covid-19, com lideranças indígenas e especialistas. #FicaemCasa e acompanhe a TV Abrasco: 


Data: 19 de maio
Horário: 15h
Colóquio: Saúde Mental e Covid-19: quais estratégias para lidar com essa realidade?

Expositores: 

  • Debora Noal, pesquisadora do Centro de Estudos e Pesquisas em Emergências e Desastres em Saúde (Cepedes/Fiocruz) e colabora com a Fiocruz Brasília na elaboração de estratégias em saúde mental para os trabalhadores que estão na linha de frente contra a pandemia.
  • Eduardo Mourão Vasconcelos, professor aposentado da Escola de Serviço Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro (ESS/UFRJ) e coordenador do projeto de pesquisa e extensão Transversões/UFRJ (Saúde Mental, Desinstitucionalização e Abordagens Psicossociais).
  • Valeska Maria Zanello de Loyola, professora do Departamento de Psicologia Clínica da Universidade de Brasília (UnB) e integrante do Grupo de Estudos Feministas (GEFEM/UnB).
  • Benilton Bezerra, professor do Instituto de Medicina Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (IMS/UERJ) e membro da direção do Instituto Franco Basaglia no Rio de Janeiro.

Coordenação

  • Deivisson Vianna, integrante do Conselho Deliberativo da Abrasco e professor do Departamento de Saúde Coletiva da Universidade Federal do Paraná (DSC/UFPR).

Debatedores:

  • Ana Pitta (Presidente da Abrasme); Claudia Lopes, Luciana Surjus, Milene Zanoni, Monica Nunes, Pedro Gabriel Delgado, Rachel Gouveia, Rosana Onocko (vice-presidente da Abrasco).

 

Data: 20 de maio
Horário: 16h
Painel: Educação Popular em Saúde e a Pandemia: Diálogos e Oportunidades

Expositores:

  • José Ivo Pedrosa, coordenador do curso de Graduação em Medicina da Universidade Federal Delta da Parnaíba e vice-presidente da Abrasco.
  • Renata Pekelman, professora da Universidade do Vale do Sinos (Unisinos) e coordenadora do GT Educação Popular em Saúde da Abrasco.
  • Alan Brum Pinheiro, coordenador executivo do Instituto Raízes  em Movimento, do Complexo do Alemão, Rio de Janeiro.
  • Bruno Vaz de Melo, médico cirurgião de trauma do Hospital Municipal Lourenço Jorge – Secretaria Municipal de Saúde, Rio de Janeiro.

Coordenação:

  • Vanderleia Laodete Pulga, docente da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) e Integrante do GT Educação Popular em Saúde da Abrasco.

Data: 21 de maio
Horário: 16h
Painel: Invisibilidades e iniquidades na Amazônia: povos indígenas e a Covid-19

Expositores:

  • Inara do Nascimento Tavares, professora do Instituto Insikiran de Formação Superior Indígena da Universidade Federal de Roraima (UFRR) e integrante do Grupo Temático Saúde Indígena da Abrasco.
  • Alcida Rita Ramos,  professora titular emérita da Universidade de Brasília e pesquisadora 1-A do CNPq.
  • Pedro Rapozo, professor do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas da Universidade do Estado do Amazonas (PPGICH/UEA) e coordenador do grupo de pesquisa Núcleo de Estudos Socioambientais da Amazônia (NESAM/UEA).
  • Valéria Paye Tiriyo-Kaxuyana, integrante da Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (COIAB).

Coordenação:

  • Luiza Garnelo, integrante do Conselho Deliberativo da Abrasco e pesquisadora do Instituto Leônidas & Maria Deane – ILMD/Fiocruz Amazônia.


    Baixe, divulgue e compartilhe conhecimento! 

Comments

comments

Deixe uma resposta