Edital seleciona projetos estratégicos para serem desenvolvidos em parceria


Pesquisadores têm até 8 de setembro para apresentarem propostas a serem desenvolvidas no âmbito do programa Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia (INCTs).

O objetivo da chamada é apoiar atividades de pesquisa de alto impacto científico em áreas estratégicas, contribuindo assim para a consolidação dos INCTs e incrementando novas redes de cooperação científica interinstitucional.

A área da saúde e fármacos é uma das indicadas como preferenciais para a participação do edital. Outras áreas indicadas são: Tecnologias ambientais e mitigação de mudanças climáticas; Biotecnologia e uso sustentável da biodiversidade; Agricultura; Espaço, defesa e segurança nacional; Desenvolvimento urbano; Segurança pública; Fontes alternativas de energias renováveis, biocombustíveis e bioenergia; Nanotecnologia; Pesquisa Nuclear; Tecnologia da informação e comunicação; Controle e Gerenciamento de Tráfego Aéreo.

A seleção será feita pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) em conjunto com a maioria das fundações estaduais de amparo à pesquisa (FAPs). Elas serão cofinanciadoras dos projetos aprovados a serem realizados nos INCTs sediados em seus respectivos estados.

A seleção envolverá análises e avaliações comparativas em seis etapas: pré-análise pela área técnica do CNPq; análise por consultores ad hoc; análise, julgamento e classificação pelo comitê julgador; negociação com parceiros para o cofinanciamento dos projetos aprovados; análise pela Diretoria Executiva do CNPq; e aprovação pelo Comitê de Coordenação do programa. O valor total dos recursos para essa chamada, incluindo os federais e estaduais, é de até R$ 641,7 milhões.A submissão de projetos deve ser feita exclusivamente via Formulário de Propostas disponível na Plataforma Integrada Carlos Chagas. A seleção final será divulgada em março de 2015 e os projetos terão prazo de até seis anos. Confira aqui o edital completo.

Comments

comments