Revistas de Saúde Coletiva adotam fast tracking para divulgar produções sobre a pandemia de Covid-19

Parte do esforço para descobrir e produzir métodos de prevenção e tratamento para o SARS-CoV-2 consiste no compartilhamento de informações entre pesquisadores de todo o mundo. A comunidade científica da Saúde Coletiva brasileira também está envolvida neste movimento, e várias revistas científicas  estão com processos de revisão acelerada por pares e divulgação diferenciada – o fast tracking – a fim de facilitar a troca de questionamentos e resultados produzidos sobre a pandemia. Dentre essas, algumas publicações também têm se somado ao trabalho da base SciELO na publicação de contribuições no blog SciELO em Perspectiva e no SciELO Preprints, lançado recentemente e ainda em fase piloto, recebendo unicamente contribuições relacionadas à Covid-19. Confira, abaixo, a maneira como algumas publicações que compõem o Fórum de Editores de Saúde Coletiva tem se organizado tanto para o recebimento de escritos inéditos e abertos à comunidade científica, como na divulgação de contribuições convidadas:

Chamadas públicas: 

Para leitura: 

  • Trabalho, Educação e Saúde (TES) inaugurou a seção Notas de Conjuntura, com textos de pesquisadores convidados, articulando reflexões sobre o contexto da Covid 19. Já foram discutidos temas como Desigualdades Raciais; Desigualdades de Classe e Território; Publico e privado na Saúde e Politica governamental e repercussões no contexto pandêmico. A TES é editada pela Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio/Fiocruz.
  • PhysisRevista de Saúde Coletiva lançou um convite aos professores do Instituto de Medicina Social da UERJ para que compartilhassem suas reflexões sobre o tema, partindo de suas áreas de investigação. O resultado é o especial “Saúde coletiva: múltiplos olhares sobre a pandemia”, conjunto de artigos que cobrem aspectos diversos da epidemia.
  • Saúde em Debate publicou no editorial do primeiro número regular de 2020 o documento “Lockdown ou vigilância participativa em saúde? Lições da Covid-19”. A revista do Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (Cebes) traz contribuições para entender o mundo da saúde coletiva no momento crítico da pandemia de coronavírus.
  •  História, Ciências, Saúde-Manguinhos criou a categoria “Histórias e coronavírus”, em seu site oficial. Dentre os diversos artigos e matérias, é possível conferir a compilação “Pandemia: particularidades de cada lugar”, que reúne análises de historiadores estrangeiros sobre o avanço da Covid-19 em seus países.
  • A Revista de Saúde Pública, também editada pela FSP/USP, apresentou uma comunicação breve sobre a pandemia: “Investigação de surto em navio de carga em tempo de COVID-19, Porto de Santos, Brasil”, de Eder Gatti Fernandes, Janice Santos e Helena Sato.
  • Cadernos Ibero-Americanos de Direito Sanitário  traz “Nos idos de março de 2020: lutar contra a doença, vencer o desespero, pensar a Saúde”, editorial assinado por Manuel Curado, João Vaz Rodrigues e André Dias Pereira. 

Comments

comments

Um comentário sobre “Revistas de Saúde Coletiva adotam fast tracking para divulgar produções sobre a pandemia de Covid-19

Deixe uma resposta