ABRASCO participa do Seminário Saúde, Cidadania e Desenvolvimento


“A idéia deste seminário é mostrar que saúde não é só uma questão de gastos, mas de investimento e de possibilidades de desenvolvimento científico, tecnológico e industrial para o país", afirmou Amélia Cohn, na mesa de abertura do Seminário Saúde, Cidadania e Desenvolvimento. A solenidade, realizada no dia 23 de maio, contou também com a participação do presidente da ABRASCO, Luiz Augusto Facchini, do presidente do BNDES, Luciano Coutinho e da diretora do Centro Internacional Celso Furtado, Rosa Freire D’Aguiar Furtado. O seminário contou com cinco mesas de debate que reuniram especialistas e pesquisadores nacionais e internacionais da área da saúde durante dois dias. Para o presidente da ABRASCO, “o Brasil é um país grande e rico, sendo a 6° economia mais rica do planeta, mas temos ainda indicadores de saúde e educação que nos envergonham, somo 60° lugar atrás de muitos países mais pobres e menores que o Brasil e, portanto, investir na cidadania, no desenvolvimento e na saúde não é um esforço pequeno. É uma tarefa muito expressiva no sentido de resgatar a dignidade de milhões de brasileiros que precisam ser considerados também cidadãos da mesma categoria daqueles que tem acesso as melhores condições de vida, planos de saúde, de todas as benesses da nossa sociedade”. Veja a matéria clicando aqui.

Comments

comments