10 anos do “Dossiê Abrasco – um alerta sobre os impactos dos agrotóxicos”

Registro do lançamento da 1ª versão do documento, no World Nutrition Rio 2012

Há dez anos, no dia 29 de abril de 2012, a Abrasco lançava a primeira parte do “Dossiê Abrasco – um alerta sobre os impactos dos agrotóxicos”, durante o congresso internacional World Nutrition Rio 2012. O documento, inicialmente, se voltou para os riscos que os agrotóxicos, presentes nos alimentos, apresentavam (e ainda apresentam) à saúde da população brasileira. Naquela época, aproximadamente dois terços dos alimentos analisados continham pelo menos um tipo de agrotóxico.

Segundo Karen Friedrich, pesquisadora do GT Saúde e Ambiente da Abrasco, o dado mais grave analisado e constatado no Dossiê é que uma única amostra de alimento pode conter vários agrotóxicos, que, simultaneamente, causam doenças no organismo humano: “Este coquetel aumenta o risco das doenças se desenvolverem, e derruba a falsa tese dos ‘níveis seguros de exposição’. ‘Níveis seguros’, na verdade, significa: a quantidade de veneno que podemos comer sem que nenhum efeito ‘inaceitável’ ocorra”, explicou a pesquisadora.

Já em 2012, os pesquisadores apontavam que a chance de comer ou beber os venenos é muito grande, já que estão em carnes, leite, vegetais, produtos industrializados e água “potável”. Até mesmo no leite materno. As pequenas doses diárias de agrotóxicos, por vários meses ou anos, resultam em uma série de reações no nosso organismo, que podem  levar muito tempo para se tornarem perceptíveis. É o caso do câncer, que começa com uma célula danificada, que se duplica indefinidamente, até invadir outros tecidos, e só pode ser observada quando meses ou anos já se passaram.

Em 2015, o Dossiê Abrasco foi atualizado, complementado e transformado em livro no ano de 2015, com o propósito de, além de denunciar os riscos à saúde que o consumo de agrotóxicos traz, também reforçar a importância da agricultura familiar e da agroecologia. É necessário abastecer as mesas das famílias brasileiras com alimentos saudáveis, para as pessoas e o meio ambiente. 

Em 2018, num ato durante o 12º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, a Abrasco lançou uma versão atualizada do Dossiê Científico e Técnico contra o Projeto da Lei (PL) do Veneno 6299/2002 e a favor do Projeto de Lei que instituiu a Política Nacional de Redução de Agrotóxicos – PNaRA,  uma compilação de notas técnicas já lançadas contra o Pacote do Veneno. Este documento foi atualizado em 2021. 

Conheça o “Dossiê Abrasco – um alerta sobre os impactos dos agrotóxicos”, disponível gratuitamente, em sua versão digital, e também na Abrasco Livros – em formato físico. 

 

Comments

comments

Deixe um comentário