Investigação de surtos e epidemias

Produtores: Anaclaudia Gastal Fassa, Denise Silva da Silveira, Everton Fantinel, Dóris Gomes Schuch, Marcinia Moreno Bueno, José Rosa e Deisi Cardoso Soares

Carga horária: 45 horas/aula

Público-alvo: Profissionais de saúde, em especial aqueles vinculados ao SUS e que desempenham atividades na Vigilância em Saúde.

Objetivo geral: Formar profissionais de saúde para a realizar a investigação de surtos e epidemias.

Competências a serem desenvolvidas: Apropriar-se dos principais termos utilizados na investigação de surtos e epidemias; compreender a importância de investigação de surtos e epidemias; capacitar-se para a realização dos 10 passos da investigação de surtos e epidemias; conhecer as particularidades da investigação de surtos e epidemias de doenças respiratórias (covid-19 e não covid-19), DDA/DTA, doenças exantemáticas e outras, como por exemplo, leptospirose, toxoplasmose e hepatite A.

Metodologia: Curso autoinstrucional. Metodologia ativa baseada em problemas, com a proposição de resolução de casos. Serão disponibilizados vídeos e materiais de apoio instrumentais para prática, como guias e fluxogramas para consulta rápida, e indicação de bibliografia para o aprofundamento do assunto. O curso será ofertado em aplicativo desenvolvido pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel).

Avaliação: Haverá avaliações formativas para que os alunos possam mapear seus conhecimentos e seu progresso. Receberão certificado os alunos com no mínimo 70% de acertos na avaliação final.

Cursos disponíveis

Análise de dados para a vigilância em saúde

Período de Inscrições:
Inscrições abertas

Investigação de surtos e epidemias

 

Período de Inscrições: Em breve

Plano de contingência para doenças transmissíveis com potencial epidêmico

Período de Inscrições: Em breve

Introdução à vigilância laboratorial e genômica

 

Período de Inscrições: Em breve