Abrasco apoia programação do Abril Indígena e realiza Ágoras temáticas

Chega abril e a luta dos povos indígenas se fortalece, e com maior sentido de urgência, devido à pandemia. Em solidariedade e apoio, a Abrasco reforça os esforços que a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) e demais instituições indígenas e não-indígenas na organização do Abril Indígena – ATL 2021, e promoverá 3 transmissões especiais da Ágora Abrasco, dedicadas à saúde indígena e as questões da vacinação; segurança alimentar e nutricional e acesso à água e, mobilização social.

Organizado desde 2004, o Acampamento Terra Livre transformou-se na principal atividade conjunta de resistência dos povos indígenas do Brasil. Desde o ano passado, foi obrigado a migrar para as redes, sem perder a capacidade de mobilização ampla e participativa. “O ATL vai ocupar todo o mês durante o Abril Indígena com uma programação muito intensa e necessária. Não podemos arredar o pé da luta pelos nossos direitos”, diz Sonia Guajajara, coordenadora executiva da Apib. O mote do ATL 2021 é “Nossa luta ainda é pela vida. Não é apenas um vírus!”; e em destaque nas artes, a composição de fotos de lideranças falecidas pela coronavírus, que já contaminou mais de 50 mil pessoas nas aldeias e matou 1031 indígenas até o dia 4 de abril de 2021.

Para Ana Lúcia Pontes, coordenadora do Grupo Temático Saúde Indígena da Abrasco, o ATL é um espaço de reivindicação e visibilidade indígenas que precisa e deve ter todo o apoio da sociedade civil não-indígena. “Pela primeira vez, a Abrasco está compondo a programação, e pretendemos continuar contribuindo com nosso apoio técnico-científico para subsidiar o movimento indígena nas suas reflexões sobre o direito à saúde”.

Ao longo de 2020, o GT Saúde Indígena/Abrasco foi uma voz presente, por meio de uma série de notas técnicas, na Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental 709. Essa é uma ação jurídica histórica, protagonizada pela Apib no âmbito do Supremo Tribunal Federal (STF), que denunciou o descaso do governo federal na proteção dos territórios indígenas e no enfrentamento da pandemia, e tem levado a reorganização da resposta governamental.  Acesse aqui as Notas Técnicas.

Vacina, Segurança Alimentar, Água e Mobilização: A contribuição da Saúde Coletiva para o Abril Indígena – ATL 2021 será a realização de três Ágoras Abrasco, com transmissão na TV Abrasco, canal do YouTube da Associação.

As transmissões serão sempre às 16 horas. A primeira é na próxima quarta-feira, 14, com o tema Vacina contra Covid-19 e povos indígenas’, trazendo as necessárias reflexões sobre a priorização dos indígenas na campanha, a questão dos indígenas em contexto urbano e os desafios na implementação da campanha.

Na quinta-feira, 22, Dia da Terra, a sessão Território e saúde: (in)segurança alimentar e acesso à água potável durante a pandemia irá pautar o debate sobre aquisição, direito e acesso a itens básicios para a vida e que são lacunas históricas geradoras de iniquidades perpetuadas no Brasil contemporâneo.

Por fim, novamente numa quarta, dia 28, a última Ágora Abrasco Abril Indígena abordará as Frentes Indígenas de Enfrentamento da Pandemia, quando jovens lideranças vão falar das estratégias e articulações organizadas pelos indígenas para responder a Covid-19 e mostrar a potência dos conhecimentos e práticas dos povos indígenas.

Além das Ágoras, pesquisadores associados ao Grupo Temático Saúde Indígena da Abrasco vão participar de mesas, painéis e debates promovidas por demais organizações. Confira em https://apiboficial.org/atl2021/ a programação completa do ATL 2021.

Dia 14/04 Quarta

Vacina contra Covid-19 e povos indígenas
Expositores:
Gersem Baniwa – UFAM
Marco Antonio Delfino de Almeida – Procurador do MPF
Sonia Guajajara – Coordenadora Executiva – Apib
João Cassimiro Tapeba – Coordenador Executivo da APOINME
Debatedora: Mariana Marelonka Ferron – consultora IEPE
Coordenação: Ana Lucia Pontes – ENSP/Fiocruz e GT Saúde Indígena/Abrasco

Dia 22/04Quinta

Território e saúde: (in)segurança alimentar e acesso à água potável durante a pandemia
Expositores:
Inara do Nascimento Tavares -Instituto Insikiran/UFRR e GT Saúde Indígena/Abrasco
Douglas Jacinto da Rosa – UFPR. Membro do Conselho Estadual dos Povos Indígenas/CEPI
Vanda Ortega Witoto – Parque das Tribos/AM
Debatedora: Rosana Lima Viana – Funasa e UFMA
Coordenação: Maurício S. Leite – UFSC e GT Saúde Indígena/Abrasco

Dia 28/04 – Quarta

Frentes Indígenas de Enfrentamento da Covid-19
Expositores:
Jozileia Kaingang -UFSC e GT Saúde Indígena/Abrasco
Kauiti Kuikuru
Glicéria Tupinambá
Debatedora: Sofia Mendonça – Projeto Xingu/Unifesp e GT Saúde Indígena/Abrasco
Coordenação: Nayara Scalco – SES-SP e GT Saúde Indígena/Abrasco

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *