Coletânea traz contribuições para avaliação e pesquisa na APS

Fruto do PMAQ-AB (Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica), a coletânea “ATENÇÃO BÁSICA É O CAMINHO! DESMONTES, RESISTÊNCIAS E COMPROMISSOS: Contribuições das Universidades Brasileiras para a avaliação e pesquisa na APS” é uma produção da editora HUCITEC com o Núcleo de Estudos em Saúde Coletiva da Universidade Federal de Minas Gerais (NESCON/UFMG) em dois volumes e com contribuições de 11 universidades brasileiras: USP, UNESP, UFMG, UFPel, UFMS, UFPB, UFRJ, UFPI, FMABC, UFRGS e FGV.

A publicação conta com a participação de diversos abrasquianos. Segundo Marco Akerman (FSP/USP), que compõe o GT Promoção da Saúde e Desenvolvimento Sustentável(GT PSDS/Abrasco), há muitas perguntas a serem feitas, e cada situação comportaria uma explicação específica. Entretanto, o professor afirma: “Mais importante que isso, é afirmar que atenção básica é o caminho e que há sinais de deterioração e de resistências a esta deterioração pelo caminho”.

Conforme apontado na apresentação, o livro 1 traz “Resposta do PMAQ-AB para a avaliação da APS”, utilizando dados do PMAQ-AB para levantar questões avaliativas sobre a APS. Já no livro 2 são anunciadas “Perspectivas para o cuidado, para a avaliação e para a pesquisa em APS” frente ao contexto atual. Tendo em vista o contexto da pandemia de Covid-19, foram incluídos ainda três capítulos que abordam a reação da APS nas respostas ao cenário de crise sanitária.

Ao contrário de uma postura pessimista que uma possível leitura do contexto da Atenção Básica possa trazer, Marco Akerman aponta que a publicação expõe bem os avanços: “Os resultados desta pesquisa desenvolvida pelas universidades paulistas, bem como as conclusões das pesquisas dos colegas das outras universidades brasileiras estampados nos 42 capítulos dos livros 1 e 2 mostram as pedras no caminho que a AB/APS brasileira vem encontrando, mas antes de tudo indicam os avanços obtidos nessa caminhada”.

Confira o vídeo de divulgação das publicações:

Comments

comments




Comments

comments

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *