TV Abrasco registra a conferência de João Pedro Stédile no 7º Simbravisa


Participação social e conjuntura foram temas de conferência no primeiro dia do 7º Simpósio Brasileiro de Vigilância Sanitária. Com o tema central “Movimentos sociais e política de proteção social“, Joao Pedro Stédile, economista e líder do MST – Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, fez reflexões sobre a crise que o país atravessa e destacou a necessidade de trabalho conjunto entre movimentos populares e militantes em defesa do Sistema Único de Saúde (SUS).

O líder do MST iniciou sua fala destacando que o Brasil é o maior consumidor de agrotóxicos, “venenos agrícolas”, do mundo e que é fundamental uma parceria do movimento com a Abrasco e com militantes em defesa da saúde contra a contaminação de alimentos. “Vinte por cento dos agrotóxicos do mundo, produzidos por cinco empresas, são consumidos no Brasil. Segundo o Inca [Instituto Nacional de Câncer], são 500 mil novos casos de câncer no Brasil, grande parte é provocado pelo uso de agrotóxicos. Um dia desses teremos que fazer um tribunal de Nuremberg para julgar a Bayer e a Basf”, provocou.

A TV Abrasco captou a íntegra da conferência de João Pedro Stédile:

Comments

comments

Deixe uma resposta