Confira a rota turística para aproveitar Salvador no 7º Simbravisa


A Comissão Cultural do 7º Simbravisa preparou uma Rota Turística para o simposiasta de Salvador. Ela não tem a pretensão de ser um Guia Turístico, mas uma “Dica Turística” feita das lembranças de lugares visitados na Cidade da Bahia por pessoas que amam a comensalidade, o bom papo, passar um fim de tarde num local aprazível à beira mar ou em algum local onde se possa comer, beber, e admirar as belezas da terrinha.

A partir deste pequeno mapa que situa o evento, no Hotel Othon, em Ondina e que, a partir deste ponto se espalha pela Orla de Salvador nos dois sentidos, confira as dicas “do continente”, pois que “o Brasil não é só litoral/ é muito mais que qualquer zona sul”, como diz o poeta! Dividimos as dicas em 6 itens para Salvador e mais dicas para quem deseja dar uma esticadinha para as imediações, como Praia do Forte e Linha Verde. Dicas de locais próximos ao evento, como o Rio Vermelho, bairro boêmio de Salvador e prenhe de opções; ou mesmo o Porto da Barra e o Farol! Dicas de Pizzarias, Churrascarias, locais refinados, divertidos e diversificados, enfim, dicas! Para além dos Pontos mais que Turísticos, como Pelourinho, Elevador Lacerda, Mercado Modelo, Forte São Marcelo, Dique do Tororó, Lagoa do Abaeté, Farol da Barra e de Itapuã, a Ponta do Humaitá e o Plano Inclinado Gonçalves e Pilar (uma espécie de bonde em uma plataforma que faz a ligação entre a Cidade Alta e a Cidade Baixa desde o fim do século 19), Salvador oferece uma boa quantidade de diversões. Bom Simbravisa 2016 e bom passeio na Bahia!

1. Alimentação / Gastronomia

A gastronomia baiana é diversificada e representada por pratos à base de pescados (moqueca, ensopado e bobó), por pratos típicos do sertão (carne de sol e feijão-verde), por iguarias de
influência africana, como o acarajé e o abará, além de outras representações identitárias da comida de rua local, como o queijinho coalho, mingaus, caldos, etc. É típico nos Restaurantes locais, dia de sexta-feira, serem servidas preparações com azeite de dendê – no bom baianês: comida baiana ou comida de azeite. Uma boa pedida para os apreciadores e curiosos da gastronomia local. Para os não adeptos a este tipo de azeite, melhor solicitar o ensopado, preparação similar à moqueca sem adição do azeite de dendê.

1.1. Próximo ao evento
– Stalo Restaurante – R. Baependi, 222 – Ondina. Telefone: (71) 3332-4286.
– Mariposa -R. Prof. Sabino Silva, 14 – Jardim Apipema, Salvador – BA, 40157-250
Telefone: (71) 3237-0800.
– Di Liana – R. Macapá, 314 – Ondina. Telefone: (71) 3331-1266 – Ótima comida italiana!
(paralela a Av. Ademar de Barros, a via principal).
– Botequim São Jorge – R. Borges dos Réis, 16 – Rio Vermelho, Telefone: (71) 3334-8181 – Tem
Feijoada dia de sábado.
– Varanda do Sesi – R. Borges dos Réis, 9 – Rio Vermelho, Telefone: (71) 3616-7064.
– Bar Pedra da Sereia – R. Pedra da Sereia, 66 – Rio Vermelho.Telefone: (71) 3336-0553.
– Eddie Fine Burgers – No Shopping Barra – Shopping Barra, Shopping Center Barra – Av.
Centenário, 2992. Telefone: (71) 2108-8288.
– Madero Steak House – Shopping Barra, Shopping Center Barra – Av. Centenário, 2992,- Barra,
Telefone: (71) 3043-2736.

1.2. Pizzarias
– Pizzaria da Chapada – Poço Azul, Bicho Grilo e outras pizzas artesanais inspiradas na Chapada
Diamantina, em ambiente descontraído – Rua Érico Veríssimo, 77 – Itaigara. Telefone:(71)
3012-7202.
– Cheiro de Pizza – várias unidades espalhadas pela cidade: Dique do Tororó, Pituba (Rua Minas
Gerais, 254), Rio Vermelho (Rua Borges Reis, 14).
– Cantina Volpi – R. Prof. Sabino Silva, 822 – Jardim Apipema, Salvador – BA, 40155-250,
Telefone: (71) 3332-6677. Próximo ao Shopping Barra.

1.3.Churrascarias
– Fogo de Chão – R. João Gomes, 321 – Rio Vermelho, Telefone: (71) 3555-9292.
– Boi Preto – Avenida Octávio Mangabeira, nº 5095 – Boca do Rio, Telefone: (71) 3371-1429.
– Sal e Brasa – Rua Carimbamba, 917 – Pituaçu, Salvador – BA, 41740-010, Telefone: (71) 3461-
1999.

1.4.Refinados
– Casa de Tereza – R. Odilon Santos, 45 – Rio Vermelho.
– Red River – Largo da Mariquita, 0 – Rio Vermelho.
– Alfredo Di Roma – Avenida Oceânica, 2004.
– Pestana Convento do Carmo – Santo Antônio
– Restaurante Al Carmo – R. do Carmo, 42 – Santo Antonio.
– Restaurante Soho (Culinária japonesa) – Bahia Marina – Av. Lafayete CoutinhoAv. Contorno.
– Restaurante Lafayette (Cozinha mediterrânea) – Av. Lafayete Coutinho, 1010 – Comércio –
Av. Contorno.

1.5.Descontraído e diversificado
– Vila Caramuru – antigo Mercado do peixe no Rio Vermelho – Praça Caramuru, 2, Rio
Vermelho.
– Largo da Mariquita – Diversas opções, como o acarajé da Dinha, O Beiju da Orla, etc..além
da oportunidade de tirar uma foto sentado (a) ao lado de esculturas de Jorge Amado e Zélia
Gattai, obra do artista plástico Tatti Moreno.
– Café Terrasse Aliança Francesa – Ladeira da Barra – Barra. Oportunidade de também
contemplar um lindo Pôr do Sol!
– Palacete das Artes – Solar do Rodin – Graça.
– Bar do Ulisses – Santo Antônio além do Carmo.

1.6.Naturais
– Manjericão – R. da Fonte do Boi, 3B – Rio Vermelho.
-Saúde Brasil – R. Humberto de Campos, 6 – Graça.

1.7.No Centro da cidade
– Restaurante Caxixi –R. do Cabeça, 123 – Largo Dois de Julho – Centro. Melhor Malassado da
Bahia!
– Restaurante Lider – Largo Dois de Julho, 32 – Dois de Julho, Telefone: (71) 3321-8955. Melhor
sanduíche de pernil da Bahia !
– Armazém 437- Rua Jogo do Carneiro, 437, Saúde – Centro.

1.8 Típicos da terra
– Caranguejo de Ondina – R. Baependi, S/N – Ondina, Telefone: (71) 3247-3600.
– A Venda – Av. Octávio Mangabeira, 100 A – Boca do Rio, Telefone: (71) 3362-5673. Melhor
Maniçoba da Bahia!
– Restaurante Panorâmico – Av. Boa Sorte, 25E – Monte Serrat, Telefone: (71) 3207-6964.
Melhor Peixe vermelho frito da Bahia! Com coentro à milanesa!
– Restaurante Recanto da Lua Cheia – R. Rio Negro, 2 – Monte Serrat, Telefone: (71) 3315-1275.
– A Porteira – Av. Marechal Costa e Silva, s/n – Dique do Tororó . Telefone: 3382-7808.

1.9. Sorveterias
– Sorveteria da Ribeira – Ribeira.
– A Cubana – Pituba; Pelourinho; Elevador Lacerda; Vila Caramuru.

1.10. Típicos
Acarajé e abará
A origem da palavra acarajé está na língua africana iorubá. Akará quer dizer “bola de fogo”, e jé significa “comer”. Ou seja: comer bola de fogo. Dependendo da quantidade de pimenta que
você pedir para a baiana colocar, qualquer semelhança com o significado literal não terá sido mera coincidência. O acarajé é um bolinho de feijão-fradinho, frito em azeite de dendê e recheado com camarão seco, vinagrete e vatapá (creme à base de pão, camarão seco, amendoim, castanha de caju, leite de coco, dendê e condimentos, vendido em barracas de rua por mulheres de saia e
turbante. O abará é uma variação cozida do acarajé. CURIOSIDADE: Na hora de pedir, paladares não acostumados devem responder “não” à pergunta “com pimenta?”
Onde comer:
– Acarajé da Dinha – Rio Vermelho.
– Acarajé da Regina – Largo de Santana, Rio Vermelho.
– Acarajé da Cira – Largo de Itapuã, Itapuã, e Largo da Mariquita, Rio Vermelho
– Acarajé da Tânia – Farol da Barra.
– Acarajé da Neinha – Av. 7 de setembro – Centro – Mercês.
Geralmente, as baianas de acarajé, em seus tabuleiros, também comercializam as famosas cocadas oferecidas nas versões branca e preta; e os deliciosos bolinhos de estudante, típicos da Bahia, à base de tapioca, frito e passado no açucar e canela.

2. Para curtir um fim de tarde.
– Bar da Aliança Francesa – A partir das 17:00 h, com direito a chorinho dias de sábado e jazz às sextas-feiras.
– Farol da Barra – Um clássico da capital baiana
– Ponta do Humaitá
– Bar e Restaurante Pedra da Sereia

3. Onde fazer compras típicas
– No Mercado Modelo
– No Mercado do Rio Vermelho – Lá você irá encontrar artesanatos, alimentos típicos da Bahia,

4. Bebidas, vestuário; Restaurantes; Flores
– Nos Shoppings Center da cidade: Shopping Barra; Shopping da Bahia (antigo Iguatemi);
Shopping Salvador.

5. Cultura em Salvador
– Museu Carybé – Rua Forte São Diogo, s/n | Porto da Barra
– Museu Pierre Verger – Forte Santa Maria Barra
– Casa do Rio Vermelho – Rua Alagoinhas, 33 – Rio Vermelho. Museu situado na casa onde viveram Jorge Amado e Zélia. Às quartas-feiras a entrada passou a ser gratuita. Vale conferir!
– Igreja de São Francisco – Pelourinho
– Igreja do Rosário dos Pretos – Pelourinho – Toda terça-feira tem a missa da benção às 18:00h
com ritos da cultura afro.
– Catedral Basílica – Terreiro de Jesus
– Igreja do Bonfim
– Igreja de Santo Antônio da Barra – Ladeira da Barra
– Mosteiro de São Bento – Largo S Bento, 1 | Centro – Segunda à sábado, 6h30 às 18h30; domingo, 6h30 às 12h30 e 17h às 18h. Entrada franca (área de visitação). Aos domingos, às 10h, a celebração vem acompanhada de cantos gregorianos dos monges beneditinos, e durante a semana, a partir das 16h, os monges ordenados atendem a confissões diariamente.
– Museu Náutico – No Farol da Barra

6. Praias
– Porto da Barra
– Farol da Barra
– Praia do Buracão
– Praia do Flamengo. A dica é a Barraca do Lôro – R. Des. Manoel de Andrade Teixeira, 266
– Praia de Ipitanga

7. Outras coisinhas…
– O happy hour no Largo de Santana Rio Vermelho, tem música e cerveja sob as barracas de comida de rua.
– Mais tarde, os destinos podem ser no boêmio bairro do Rio Vermelho:
– The Twist Pub (R. João Gomes, 95, Telefone: 3334-1520) – programação eclética;
– Zen Dining’ & Music (Rua Conselheiro Pedro Luiz nº 311,) – Aberto de quinta a sábado a partir das 20h.
– O bairro do Rio Vermelho ainda fica próximo de bons restaurantes e bares;
– O bairro da Vitória reúne museus e pode ser percorrido a pé;
– É preferível ir de táxi ou uber para o Pelourinho, pois há poucos estacionamentos e com custo elevado. O bairro pode ser conhecido a pé, mas o recomendável é não se aventurar nas ruas adjacentes que podem ser perigosas. Permaneça no roteiro turístico.
– A cidade conta com o Salvador Bahia Bus, veículo Double Deck com capacidade para 67 passageiros. Contando com 2 roteiros, o Salvador Bus é uma opção para os turistas que desejam conhecer a história e as belezas naturais da cidade. Os simposiastas terão desconto de 10%.

Comments

comments

Deixe uma resposta