Saúde e Ambiente: GT discute perspectivas para o próximo triênio


O Grupo Temático Saúde e Ambiente (GTSA), da Abrasco,se reuniu nesta terça-feira (28) durante o Abrascão 2015 para avaliar as ações realizadas pelo GT e discutir perspectivas do campo de atuação do grupo. As atividades tiveram início pela manhã, com um ritual de passagem da coordenação do grupo de Fernando Carneiro para Marcelo Firpo, pesquisador da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz), que assume a frente do GT com Karen Friedrich, pesquisadora do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS/Fiocruz) na vice-coordenação.

Além de apresentar o balanço das atividades desenvolvidas de 2012 a 2015, o GTSA enfatizou o papel da Abrasco na contribuição de questões de saúde, especialmente nas voltadas ao meio ambiente. Dentre os assuntos tratados, destacou-se a carta de intenções do grupo, que será entregue à nova diretoria da Associação, reafirmando as intenções de trabalho tanto na temática quanto no conjunto das ações da entidade.

Foram discutidos eixos temáticos que nortearão as ações nos próximos três anos. Um deles é o Simpósio Brasileiro de Saúde & Ambiente (SIBSA), evento organizado pelo grupo e que será incorporado permanentemente nas discussões do GT. Segundo o coordenador Marcelo Firpo, a proposta é que a construção do SIBSA seja contínua, articulada, permanente, de maneira que permita o planejamento do evento a  partir da ampliação das discussões do campo de forma integrada com outras instituições, organizações e categorias, como os movimentos sociais.

Outro eixo discutido pelo GT Saúde e Ambiente foi a relação entre a pós-graduação, graduação, universidades e atividades de extensão, principalmente sobre o papel da formação dos estudantes e a importância de uma maior participação desse grupo na Abrasco. O grupo ainda abordou assuntos relativos aos desdobramentos e a continuidade do Dossiê Abrasco: O impacto dos Agrotóxicos na Saúde , como a elaboração de um dossiê latino-americano em parceria com a Universidad Andina Simon Bolívar, do Equador, da Universidad de Mendoza, da Argentina, e outras. O GTSA ainda retomou o planejamento da publicação de um livro sobre Saúde e Ambiente, com temas e artigos fundamentados em avanços na área, com perspectivas teóricas e práticas.

Comments

comments

Deixe uma resposta