SPM-PR lança Prêmio Rose Marie Muraro: Mulheres Feministas Históricas


A Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR) vai lançar, nesta sexta-feira, dia 27, às 10h30, o Prêmio Rose Marie Muraro: Mulheres Feministas Históricas. A cerimônia acontecerá na sede da SPM, no Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB), em Brasília. A premiação é fruto de parceria entre a SPM e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação.

O prêmio tem objetivo de reconhecer o papel desempenhado pelas mulheres que lutaram pela cidadania feminina, pela ampliação dos direitos humanos das mulheres e efetivação de mudanças na sociedade brasileira. O nome da distinção homenageia a intelectual e feminista Rose Marie Muraro (1930-2014), falecida no último sábado, dia 21. Rose Marie lutava pela igualdade de direitos para as mulheres e foi reconhecida em 2005 pelo governo federal como Patrona do Feminismo Brasileiro. Nascida no dia 11 de novembro de 1930, com um problema na visão que a deixou praticamente cega durante parte da sua vida, a escritora deixou cinco filhos, doze netos e publicou 35 livros. Além de escrever livros que retratavam de forma quase que inédita no Brasil a condição da mulher na sociedade da época, como A Sexualidade da Mulher Brasileira, Rose foi importante para a disseminação de conteúdos estrangeiros sobre o tema, traduzindo e editando inúmeras publicações. Trabalhou durante 17 anos na Editora Vozes e depois fundou, junto com outras feministas, a  Editora Rosa dos Tempos (hoje pertencente à Editora Record), criada para difundir um instrumento que desse voz às mulheres.

 

Comments

comments

Deixe uma resposta