Ágora Abrasco traz para o centro do debate pacto federativo, idosos e ciências sociais e humanas em saúde

Este slideshow necessita de JavaScript.

(atualizado em 30/04/2020)

A Ágora Abrasco, programação de debates promovida pela diretoria da Associação Brasileira de Saúde Coletiva – Abrasco – na internet, chega à quarta semana  pautando novos temas sobre a pandemia do SARS-CoV-2 e possibilitando um espaço de troca intelectual para diversos públicos, tanto docentes e especialistas em Saúde Coletiva como profissionais dos serviços de saúde, estudantes e sociedade em geral, todos em busca de informação qualificada e com profundidade.

+ Clique e acesse a playlist completa da Ágora Abrasco

Num movimento iniciado semana passada e renovado na programação desta semana, academia e gestão discutem em conjunto as ações necessárias para um SUS fortalecido e coordenador da resposta nacional à Covid-19, ao mesmo tempo que refletem as limitações impostas pelo cenário político. Na terça-feira, 28, o colóquio O enfrentamento ao coronavírus, o SUS e a crise no pacto federativo trará as exposições do governador do Estado do Maranhão Flavio Dino; do prefeito de Manaus (AM) Arthur Virgílio Neto; da presidente do Instituto de Direito Sanitário (Idisa) e professora colaboradora da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) Lenir Santos; e a ex-professora titular do Instituto de Medicina Social da Universidade de Estado do Rio de Janeiro (IMS/Uerj) Sulamis Dain. A  coordenação será de Odorico Monteiro, médico sanitarista e pesquisador da Fiocruz Ceará.

Mais uma vez, um grande time de debatedores da gestão e da pesquisa trará colaborações e novas dimensões ao tema. Confirmadas as presenças dos ex-ministros da Saúde Alexandre Padilha, Humberto Costa, José Agenor Álvares, José Gomes Temporão, Marcelo Castro e Saraiva Felipe; dos presidentes Alberto Beltrame, do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass); e Willames Freire, do Conselho Nacional das Secretarias Nacionais de Saúde (Conasems); e de Carlos Gabas, representante do Consórcio Nordeste. Entre os pesquisadores estarão Ana Luiza Vianna (USP); André Bonifácio (UFPB); Brígida Gimenez (UEL); Helena Shimizu (UnB); e Luciana Dias de Lima (ENSP/Fiocruz).

A saúde da população da 3ª idade, seu lugar como grupo de risco e o silenciamento e inexistência de ações de assistência e cuidados diferenciais na pandemia estarão em discussão na quarta-feira, dia 29, no painel Covid-19 no Brasil = Gerontocídio? A coordenação será de Alexandre Kalache, presidente do Centro Internacional de Longevidade do Brasil e integrante do Grupo Temático Envelhecimento e Saúde Coletiva, da Abrasco, que fará a exposição do tema e abrirá para comentários de Alexandre da Silva,  docente da Faculdade de Medicina de Jundiaí e integrante do Grupo Temático Racismo e Saúde, da Abrasco; Karla Giacomin, médica geriatra da Prefeitura de Belo Horizonte (MG); Marília Berzins, Presidente do Observatório da Longevidade Humana e Envelhecimento (Olhe); Anita Neri, docente da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp, Eberhart Portocarrero-Gross, médico de Família e Comunidade da Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro (SES/RJ); e Marília Louvison, docente da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (FSP/USP) e do Conselho Deliberativo da Abrasco.

Na quinta-feira, 30 de abril, o painel será dedicado à compreensão e ao aporte das Ciências Sociais e Humanas em Saúde ao entendimento da pandemia, ampliando sentidos e olhares para além da dimensão estritamente biomédica, fazendo valer a importância dessa área na constituição da Saúde Coletiva. Com o título Covid-19: desigualdades, vulnerabilidades, silenciamentos e ignorâncias, a sessão reunirá os docentes e pesquisadores Sandra Caponi, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC); Leny Trad, do Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal da Bahia (ISC/UFBA), Dudu Ribeiro, historiador especialista em gestão estratégica de políticas públicas pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp); coordenador da Iniciativa Negra por Uma Nova Política sobre Drogas e membro da Rede Latino Americana e do Caribe de Pessoas que Usam Drogas; e Sérgio Carrara, do Instituto de Medicina Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (IMS/Uerj), e vice-presidente da Associação Brasileira de Antropologia (ABA). Monica Nunes, professora do ISC/UFBA, e integrante da Comissão de Ciências Sociais e Humanas em Saúde da Abrasco, fará a coordenação.

O 1º de maio celebra o Dia Internacional dos Trabalhadores, e a diretoria da Associação finalizou a Carta aberta aos trabalhadores e trabalhadoras no enfrentamento da Covid-19 – 1º de maio, Dia Internacional do Trabalhador, dia de renovar a luta, e reprogramou a atividade dedicada ao debate da saúde dos trabalhadores para a semana seguinte.

A transmissão das sessões acontece na TV Abrasco, canal da Associação no YouTube, com chat aberto para dúvídas, diálogos e comentários da audiência, e cobertura em tempo real pelo Twitter. Ao final das sessões, os vídeos ficam disponíveis na playlist Ágora Abrasco.


Confira abaixo programação resumida e marque na agenda. #FiqueemCasa e venha debater na Ágora Abrasco 


Terça – 28 de abril

Às 15 horas

Colóquio: O enfrentamento ao coronavírus, o SUS e a crise no pacto federativo

Expositores: Arthur Virgílio Neto, Flávio Dino, Lenir Santos e Sulamis Dain
Coordenação: Odorico Monteiro

Debatedores: Alexandre Padilha, Alberto Beltrame, Ana Luiza Vianna, André Bonifácio, Brigida Gimenez, Carlos Gabas, Helena Shimizu, Humberto Costa, José Agenor Álvares, José Gomes Temporão, Luciana Dias de Lima, Marcelo Castro, Saraiva Felipe e Willames Freire


Quarta – 29 de abril

Às 16 horas

Painel: Covid-19 no Brasil = Gerontocídio?

Expositor: Alexandre Kalache
Comentários: Alexandre da Silva, Anita Neri, Eberhart Portocarrero-Gross, Karla Giacomin, Marília Berzins e Marília Louvison


Quinta – 30 de abril

Às 16 horas

Painel: Covid-19: desigualdades, vulnerabilidades, silenciamentos e ignorâncias

Expositores: Leny Trad, Sandra Caponi, Dudu Ribeiro e Sérgio Carrara
Coordenação: Monica Nunes

Comments

comments

Deixe uma resposta