15º Congresso Paulista de Saúde Pública

Saúde é política. E no atual contexto brasileiro se poderia dizer que política é saúde! Por isso, também dizemos haver uma grande desordem sob o céu…. Estes são os eixos do 15º Congresso Paulista de Saúde Pública, organizado pela Associação Paulista de Saúde Pública – APSP. Com ele assumimos de modo claro um dos pontos mais importantes no processo de determinação social da saúde e da doença. Mas não apenas. Aqui expressamos claramente que queremos fazer um congresso politico!

Abandonamos provisoriamente a perspectiva exclusiva da ciência para nos aproximar de outras formas de manifestação da política viva do cotidiano e do conhecimento nele contido. Um congresso horizontalizado, desconstruído, disperso no território, em movimento e aberto à sociedade e aos movimentos sociais. Que propicie a consolidação dos núcleos regionais da APSP, voz e vida em ato ao ativismo sanitário, cada núcleo se organizando e realizando seu encontro conciliando capacidade organizativa e realidade local. Enfim, um congresso que permita elaborar o desconforto que nos provoca todos os dias a situação que vivemos em nosso país desde que o golpe jurídico-parlamentar instalou um presidente ilegítimo e impopular no governo do Brasil. Assim, o convite é para que tenhamos uma Curadoria Coletiva, e não uma comissão científica nos moldes tradicionais, na qual os curadores irão facilitar as interações com os trabalhos enviados, que ficarão abertos no site do congresso para o debate público.

Concordamos haver uma grande desordem sob o céu. Desde que este governo se instalou, todos os dias são produzidos ataques aos direitos de cidadania, às conquistas dos trabalhadores, ao sistema educacional, à universidade pública, às mulheres, aos jovens, à população negra e pobre das periferias e aos grupos fragilizados. O sistema público de saúde vem sendo sucateado e interesses mercantis vêm aviltando uma das maiores conquistas do povo brasileiro, ao tempo que a reforma trabalhista em curso, se não for interrompida, será a ruína da política social. Paradoxalmente, porém, percebemos que este momento crítico nos permite novas formas de organização, de mobilização e de luta! De novos encontros intersubjetivos e de novas formas de associação. De ocupação e de retomada da luta pela defesa de direitos. Nenhum direito a menos!

As inscrições para a etapa Metropolitana de São Paulo vão até 02 de outubro, segunda-feira, e o encontro se dará entre 12 e 14 de outubro, no ‘Quadrilátero da Saúde’, próximo ao Metrô Clínicas. Acesse aqui a página de inscrições do Congresso. 

O programa da etapa de finalização – Apoteose – do 15º Congresso terá como eixos: Imaginação Política, Territórios e Produção do Comum que na grade aparecem emparelhados com Conhecimento, Técnica e Trabalho. São categorias fortes que se entrecruzam, permitindo pensar novos arranjos existenciais. Saiba mais sobre o evento nas redes sociais.

Assista abaixo o vídeo-convite de Marília Louvison, presidente da APSP e veja no canal do YouTube demais vídeos-convites e outras informações.

Comments

comments