Seminário preparatório do Abrascão debate 30 anos de APS no SUS

O ano de 2018 traz um conjunto de efemérides que marcam a história, os caminhos e os desafios dos modelos e das formas de prestação da saúde. Em setembro, a Conferência Internacional sobre Cuidados Primários de Saúde e a sua Declaração de Alma-Ata completam 40 anos, enquanto o nosso SUS e o direito universal à saúde, como expressos na Constituição Cidadã, celebram 30 anos. Olhar o passado, revisitar os processos, analisá-los com as lentes do presente e desdobrá-los para os próximos anos são as propostas trazidas pelo seminário “De Alma Ata à Estratégia Saúde da Família: 30 anos de APS no SUS – avanços, desafios e ameaças”, atividade preparatória do 12º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva – Abrascão 2018, que acontecerá nos dias 20 e 21 de março, na Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz), no Rio de Janeiro (RJ).

Promovido pela Rede de Pesquisa em Atenção Primária à Saúde – Rede APS, da Abrasco -, o objetivo primeiro do seminário é debater uma agenda política estratégica para a Atenção Primária no SUS frente aos desafios sempre presentes na APS no SUS, às recentes mudanças da Política Nacional de Atenção Básica (PNAB) e aos debates internacionais. Além desse, o evento quer ser uma atividade de aglutinação e contribuição ao Abrascão, apresentando ao seu final um documento síntese para compor o “Caderno sobre o SUS, direitos e democracia”, a ser organizado pela Associação ao final do Congresso.

O evento é gratuito e aberto a todos os interessados na temática e haverá transmissão online da sessão da manhã do primeiro dia (20). À tarde, os participantes se dividirão em grupos temáticos. No dia seguinte (21) será elaborada uma síntese das discussões com os subsídios para o documento final do Abrascão, seguida de reunião do comitê gestor da Rede APS.

A comissão organizadora do seminário é composta por Luiz Augusto Facchini (UFPel); Ligia Giovanella (ENSP/Fiocruz); Charles Tesser (UFSC); Márcia Guimarães (ISC/UFF); Claunara Mendonça (UFRGS e GHC); Rosana Aquino (ISC/UFBA); Marcia Fausto (ENSP/Fiocruz); Helena Seidl (ENSP/Fiocruz); e Inaiara Bragante (Rede APS). Confira os textos de debate identificados na matéria da Rede APS e veja abaixo a programação. 

Seminários Preparatórios Abrascão 2018:De Alma Ata à Estratégia Saúde da Família: 30 anos de APS no SUS – avanços, desafios e ameaças”
Data: 20 de março de 2018 – das 9h às 17h
Local: Auditório térreo da ENSP/Fiocruz
Endereço: : R. Leopoldo Bulhões, 1480 – Manguinhos, Rio de Janeiro – RJ

Programação:

20 de março – terça-feira

Manhã
9h – Mesa redonda – Uma agenda estratégica para a atenção primária à saúde no SUS
Ameaças ao SUS no momento atual – Ronald Ferreira dos Santos – presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS)
Impactos positivos da APS na saúde da população – Rosana Aquino (ISC/UFBA)
Impactos deletérios das políticas de austeridade na saúde da população – Davide Rasella (ISC/UFBA)
APS no SUS: contexto e desafios – Luiz Augusto Facchini (UFPel)
Coordenação: Ligia Giovanella
11h-12h – debate e respostas das perguntas online
Local: Auditório térreo Ensp/Fiocruz
Transmissão: https://conferenciaweb.rnp.br/webconf/ensp-fiocruz
Ajuda para conexão https://sites.google.com/view/tutomconf

Tarde
13h30-16h30 – Grupos temáticos
Grupo 1 – Força de trabalho e práticas profissionais na APS – sala 406
Coordenadora: Ana Luiza Villas Bôas (ISC/UFBA) – Relatora: Elaine Thumé (UFPel)

Grupo 2 – Modelo de atenção e impactos na organização dos serviços – sala 718
Coordenadora: Claunara Mendonça (UFRS) – Relatora: Elaine Tomasi (UFPel)

Grupo 3 – Financiamento e gestão da APS – sala 408
Coordenador: Aluísio Gomes da Silva (UFF) – Relator: Allan Claudius Queiroz Barbosa (UFMG)

A discussão nos grupos será iniciada com breve apresentação de síntese dos documentos temáticos (cinco minutos) seguida de debate e síntese pelos relatores. Cada grupo deverá escolher mais um relator. Os participantes se inscreverão nos grupos pela manhã conforme interesse e disponibilidade de salas.

16h30 – Encerramento – Auditório térreo

21 de março – quarta-feira
participantes: Comitê gestor da Rede de pesquisa em APS, coordenadores, autores e relatores de cada tema

Manhã
9h- 13h – Apresentação síntese dos temas e das discussões dos grupos para elaboração do texto de contribuição ao Abrascão 2018

Tarde
14h30 -17h – Reunião do Comitê gestor da Rede APS

Comments

comments

Deixe uma resposta