Paulo Amarante compõe a nova diretoria da Abrasco


Realizado entre os dias 27 de agosto a 1º de setembro, em Goiânia, o 11º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva reuniu cerca de cinco mil participantes e reafirmou-se como um dos principais fóruns científicos e políticos do campo da Saúde no país. Encabeçada por Gastão Wagner, a nova diretoria eleita Abrasco conta com Paulo Amarante, presidente de honra da Abrasme, dentro de seu corpo de vice-presidentes.

Foram seis dias de intensas discussões, entre pré-congresso e congresso, com debates sobre os temas mais candentes da Saúde Pública e Coletiva, como financiamento do SUS, o papel da Universalidade na construção de um Estado brasileiro verdadeiramente democrático, além dos debates dos diversos campos que compõem a área.

No dia 31 de agosto, foi realizada a Assembleia Geral da Associação que ratificou a eleição da nova diretoria, iniciada por votação via correio um mês antes e concluída durante o evento. A plenária deliberou pela condução da única chapa inscrita. O presidente é Gastão Wagner de Sousa Campos, professor da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (FCM/Unicamp), que empossou Amarante e os demais 10 vice-presidentes e 11 membros do Conselho Deliberativo para a gestão 2015-1018.

“O nome do Paulo destaca-se entre as lideranças da Saúde Coletiva pelo seu compromisso histórico com as reivindicações do setor saúde e do povo brasileiro. Seu papel na construção do movimento da luta antimanicomial, e logo da Reforma Sanitária brasileira, honra nosso campo e traz peso político para nossa diretoria, que está em sintonia com o conjunto de movimentos democráticos da sociedade brasileira”, afirma Gastão Wagner.

A Abrasme marcou presença também em outras atividades do Abrascão 2015. A Associação organizou um estande na área de exposições para proporcionar um espaço de encontro entre seus associados, debateu a reformulação do comitê editorial do período Cadernos Brasileiros de Saúde Mental e compôs diversas mesas e cursos do Congresso, com a participação de Walter Ferreira, Ana Pitta e Fabio Belloni, respectivamente, presidente, vice-presidente e segundo secretário da nossa Associação. Confira a matéria Diálogo, utopia e sensibilidade são fatores-chave para refletir os rumos e desafios da saúde mental, com as participações de vice-presidente Ana Pitta e do secretário Fabio Belloni.

Comments

comments

Deixe uma resposta