Novas publicações da EPSJV são lançadas no Abrascão

Foto: Portal ESPJV

A Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV/Fiocruz) lançou novas publicações, no dia 28 de julho, durante o Abrascão 2018. O lançamento contou com a presença dos organizadores e autores dos livros e também com a participação do presidente da Abrasco, Gastão Wagner.

Um dos lançamentos é o livro ‘Hegemonia Burguesa na Educação Pública: problematizações no curso TEMS (EPSJV/Pronera)’, que traz a experiência do curso de especialização Trabalho, Educação e Movimentos Sociais (TEMS), realizado numa parceria entre a EPSJV/Fiocruz e o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), em duas edições: entre 2011 e 2013, com o apoio do Programa Na¬cional de Educação na Reforma Agrária (Pronera), e entre 2013 e 2015, como parte do Programa de Residência Agrária do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

A publicação é organizada por Anakeila Stauffer, hoje diretora da EPSJV; Virgínia Fontes, professora-pesquisadora da Escola Politécnica; Caroline Bahniuk, professora da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC); e Maria Cristina Vargas, representante nacional do Setor de Educação do MST, e traz o conteúdo e as discussões do curso através da sistematização de alguns dos seus trabalhos finais. “Durante o curso, os educandos aprofundaram e conheceram melhor a realidade da influência do capital na educação. As empresas do agronegócio disputam e organizam a cadeia produtiva com o conteúdo ideológicos delas. A obra traz essa reflexão”, disse Maria Cristina Vargas.

Também foram lançados os livros ‘Técnico de Vigilância em Saúde: Contexto e Identidade’ e ‘Técnico de Vigilância em Saúde: Fundamentos’, publicados no final de 2017, em parceria com a Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES/Ministério da Saúde). As publicações – produzidas como parte do Programa de Formação de Profissionais de Nível Médio para a Saúde (Profaps), buscam fornecer estratégias e recursos para que as instituições formadoras, principalmente as Escolas Técnicas do SUS, qualifiquem o trabalhador do SUS nessa área. Os dois volumes refletem a experiência pioneira da EPSJV nesta formação, principalmente através do Programa de Formação de Agentes Locais de Vigilância em Saúde (Proformar), que, desde o início da década passada, se constituiu como importante estratégia para qualificação profissional de trabalhadores de nível médio na Vigilância.

Organizados por Grácia Gondim, Gladys Miyashiro, professoras-pesquisadoras da EPSJV, e Maria Auxiliadora Córdova Christófaro, professora da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), os dois volumes do material didático tratam de temas e conteúdos pertinentes ao campo da saúde coletiva, que consolidam a formação de profissionais técnicos de nível médio em vigilância em saúde. “O livro é parte de um investimento público em áreas prioritárias de formação em saúde, como a vigilância, e também uma parceria entre as Escolas Técnicas do SUS para a formação de trabalhadores”, disse Maria Auxiliadora.

Todas as publicações estão disponíveis para download no Portal EPSJV/Fiocruz. O livro ‘Hegemonia Burguesa na Educação Pública: problematizações no curso TEMS (EPSJV/Pronera)’ também pode ser adquirida na Livraria Virtual da EPSJV. Já o material didático sobre vigilância não é comercializado.

Comments

comments

Deixe uma resposta