É hora de conferir os últimos preparativos – Partiu Rio de Janeiro, partiu Abrascão


A uma semana do 12º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva – Abrascão 2018 – é hora de checar algumas informações, arrumar as malas e se cercar de informação precisa e qualidade. Confira aqui as principais orientações para uma boa chegada à cidade-sede, saiba do clima, das condições de deslocamento e veja dicas para aproveitar ao máximo o evento.

Clima e temperatura: Durante o inverno, a temperatura do Rio de Janeiro é amena, variando entre 18° e 28°C. Camisas de manga e calças compridas de tecido confortável que protejam do frio, mas não esquentem em demasia, devido às distâncias a serem percorridas, são as melhores opções. Às noites são mais frias, mas não há queda brusca de temperatura. No entanto, pessoas mais friorentas devem trazer casacos leves, echarpes e outros acessórios de proteção, por conta dos sistemas de ar  condicionado nas salas e tendas do evento.

A previsão meteriológica para os dias de congresso e pré-congresso aponta possibilidade de chuva, em especial para a abertura, na quinta-feira, 26, e no encerramento, 29. Para evitar chateações, venha de calçado fechado e confortável, como botas de cano baixo, tênis e sapatênis; e traga seu guarda-chuva e/ou capa. Não há nos entornos da Uerj e Fiocruz lojas para compra de roupas e acessórios.


Acessos ao Rio de Janeiro:
A cidade é servida por dois os aeroportos. O Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim – Galeão (identificação GIG, segundo código IATA) fica no bairro Ilha do Governador, nas proximidades da Avenida Brasil. Para deslocamento, há oferta de táxis, serviços de carros por aplicativo, ônibus especiais que fazem ligações para o Aeroporto Santos Dumont (passando pelo Centro) e o sistema de ônibus articulado BRT, sentido Zona Oeste. Já o Aeroporto Santos Dumont (identificação SDU, segundo código IATA), fica nas proximidades do Aterro do Flamengo, área centro-sul da cidade, e dispõe, além da frota de táxis e serviços de carros por aplicativo, do VLT (veículo leve sobre trilhos), com conexões para as ruas do Centro, fazendo ligação com o metrô.

Os acessos rodoviários mais utilizados são a BR 040, BR 101 e BR 116, além de outras rodovias estaduais. O Terminal Rodoviário do Rio de Janeiro (Novo Rio), na zona portuária, é o epicentro dos ônibus interestaduais (de carreira). De lá, as ligações para os demais bairros são pelos ônibus urbanos (a maioria com saída no Terminal Rodoviário Municipal Padre Henrique Otte, atrás do Terminal Interestadual) e pelo VLT.


Como se locomover na cidade:
 Os ônibus municipais e o VLT têm passagem a R$ 3,95. A rede ferroviária é operada pela concessionária Supervia, e a malha metroferrroviária pela Metrô Rio, ambas com passagem a R$ 4,20 e integração (paga) nas estações Central do Brasil, São Cristóvão e Maracanã. A Estação Maracanã é a referência para acessar o campus central da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), sede do pré-congresso. Quem preferir fazer uso dos táxis é bom atentar para o preço: Bandeirada –  R$ 5,50; tarifa I – R$2,50 (de segunda a sábado, das 6h às 21h); tarifa II – R$ 3,00 (de segunda-feira a sábado, das 21h às 6h e, nos domingos e feriados, o dia inteiro).


Como se locomover para o Campus da Fiocruz:
 Para que todos os participantes desse grande evento não tenham dificuldades em acessar a Fiocruz, campus Manguinhos, rotas de ônibus exclusivas foram organizadas para os congressistas. Durante os dias 26, 27, 28/07, 40 ônibus especiais farão a ligação ida e volta entre a Fiocruz e a Uerj, campus Maracanã, de onde é possível chegar e partir de trem e metrô. No último dia do evento (29/07), haverá também transporte até os aeroportos. É necessário estar inscrito no Congresso e ter a credencial ou o voucher de acesso para fazer uso do transporte. Clique aqui e confira horários e informações completas sobre o transporte. 


Como se locomover dentro do Campus
: Para o deslocamento dos congressistas dentro do campus Manguinhos, 2 vans especiais com acesso facilitado à cadeira de rodas e 8 micro-ônibus estarão disponíveis para os participantes, preferencialmente para aqueles com dificuldade de locomoção e/ou mobilidade. Estes veículos circularão em 3 rotas distintas sinalizadas por placas ao longo das ruas do campus. O mapa do Abrascão 2018 traz as rotas definidas e os pontos identificados. Já o aplicativo Abrascão 2018 já oferece a programação completa, com setores identificados.


Como se alimentar dentro do Campus:
 A alimentação para congressistas terá, ao todo, oito áreas identificadas dentro do campus, com diversidade de refeições e serviços, entre pratos rápidos, quentinhas, restaurantes a quilo, bufês livres, salgados e doces. Haverá duas feiras, com barracas de produtores agroecológicos, de moradores do território da Maré e Manguinhos e demais profissionais de alimentação. Leia a matéria, confira as opções e programe-se desde já. Confira aqui a alimentação nos dias do pré-congresso.

 

Para aproveitar o Abrascão 2018 ao máximo, com qualidade e solidariedade, algumas orientações são importantes:

– Cada congressista receberá a sua credencial – pessoal e intrasferível – mapa impresso do Congresso e uma garrafinha plástica resistente. Não haverá duplicatas para retirada, em caso de perdas e esquecimentos de nenhum desses três ítens.
Não haverá bolsas oferecidas pela organização. Traga uma bolsa ou mochila leve para guardar e conservar seu mapa e garrafa e carregar casaco e demais acessórios por todo o envento.
– O APP Abrascão 2018 funciona sem necessidade de internet, logo não haverá consumo do seu plano de dados, uma vez acessado com login e senha. Não haverá livro-programa.
Não há caixas eletrônicos dentro da Fiocruz – nem no entorno, e alguns estabelecimentos que fornecerão comida não aceitam cartão. Programe-se.
Programe 20 minutos para os deslocamentos entre os pontos mais extremos. O campus é sinalizado e as caminhadas, agradáveis.
– Justamente para um melhor fluxo dos deslocamentos, carros terão acesso restrito dentro do campus Manguinhos.
– Às 18 horas, a luz cai rapidamente dentro do campus Manguinhos. Para a saída do evento, siga as orientações dos voluntários para o acesso aos ônibus exclusivos, a partir das 19 horas, ao final dos grandes debates.

Comments

comments

Deixe uma resposta