ABRASCÃO 2012: marco para debates interdisciplinares e intersetoriais


Em depoimento à Tv ABRASCO, Maria Inês Azambuja, professora do Departamento de Medicina Social da UFRGS e integrante a comissão organizadora local do ABRASCÃO 2012, considerou que um dos aspectos mais relevantes da programação do Congresso é pautar o debate sobre a relação entre o desenvolvimento e saúde, a partir de enfoques que abrangem os determinantes sociais, a economia, a política e seus impactos. “São temas que normalmente são pouco discutidos na área da saúde, questões que são a moldura e definem o que vai acontecer na saúde do país. Precisamos retomar e enriquecer o debate, de forma interdisciplinar e intersetorial, para que alimentado pelo conhecimento de campos diferentes, propicie a transformação da saúde em campo de investimento e desenvolvimento do país e deixe de ser visto apenas como um campo de consumo”, ressaltou. A saúde urbana, por exemplo, utiliza o enfoque deste seminário, como a valorização dos determinantes sociais, da economia, da democracia e da política e seus impactos na saúde. Assista ao vídeo clicando aqui.

Comments

comments