Rede APS participa do 3º Congresso Brasileiro de Política

Este slideshow necessita de JavaScript.

No dia 01 de maio, integrantes do comitê coordenador da Rede APS estiveram reunidos para discutir as Metodologias de Avaliação de Impacto do Programa Mais Médicos com enfoque nas abordagens metodológicas para avaliação de impactos do Programa sobre o desempenho dos serviços de saúde e a situação de saúde da população.

+ Leia a publicação original e conheça o site da Rede APS

A atividade iniciou as 9h com a apresentação dos participantes e após foi aberto um amplo debate sobre o tema.

Na parte da tarde a pesquisadora da UFBA Rosana Aquino fez uma apresentação sobre Metodologias de avaliação de impacto de políticas e programas de saúde, que foi coordenador pela professora e pesquisadora da Ensp/Fiocruz Ligia Giovanella e teve como debatedores o coordenador da Rede APS e pesquisador da Ufpel Luiz Augusto Facchini e o coordenador da OPAS para o Mais Médicos Renato Tasca.

As 16h foi aberto um amplo debate para Delinear as estratégias para o desenvolvimento de uma proposta metodológica para avaliar impactos do PMM .O evento encerrou às 17h e os participantes da rede permaneceram reunidos para discutir ações de melhoria da Rede APS e novos projetos a serem desenvolvidos para o PMM. As atividades encerram 18h30.

No dia 4 de maio a Mesa Redonda 21 O Programa Mais Médicos e a redução da iniquidade no acesso na APS também teve a participação de integrantes da Rede. A coordenação foi conduzida por Ligia Giovanella , os debatedores foram Luiz Fachinni (UFPEL) e Renato Tasca (OPAS). As apresentações foram feitas pelos pesquisadores Leonor Pacheco (UNB), Erno Harzheim, (SMS Porto Alegre), Adriana Falangola (UFPe) e Magda Almeida (SBMFC).

Comments

comments