Oficina preparatória do Congresso de Política discute formação, sistema de saúde e desigualdades sociais

Para estimular um dos debates centrais do 4º Congresso Brasileiro de Política, Planejamento e Gestão da Saúde, a quarta oficina preparatória, que acontece nesta sexta-feira, dia 5, vai refletir sobre a formação em saúde para o Sistema Único de Saúde – SUS, em um contexto nacional marcado por desigualdades.

A partir da ascensção do governo Temer, em 2016, uma onda crescente de ataques à educação e às diversas manifestações do pensamento crítico, seja como arte, cultura, ciência. Passados quase cinco anos, o cenário se agudiza e atinge diretamente as políticas educacionais, em especial, suas interfaces e desdobramentos para e na formação das carreiras e nos vários processos de educação para a área da saúde.

Já garantiu sua participação no Congresso?
5 de março é a data limite
Clique e faça sua inscrição

Pensar em estratégias de resistência ao autoritarismo e ao obscurantismo; pela defesa da democracia e pelo fortalecimento do espaço público serão algumas das provocações que serão levantadas pelos palestrantes e debatedores convidados.

Quarta Oficina preparatória do 4º Congresso Brasileiro de Política, Planejamento e Gestão da Saúde
Título: Formação para o SUS frente às desigualdades sociais
Data5 de fevereiro
Hora14 horas

Coordenação:

Isabela Cardoso M. Pinto – Integrante do Grupo Temático Trabalho, Educação na Saúde (GT TES/Abrasco) e diretora do Instituto de Saúde Coletiva da UFBA (ISC/UFBA).

Convidados:

José Willington Germano – Professor Titular da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Foi Pró-Reitor de Extensão Universitária e Vice-Presidente do Fórum Nacional de Extensão de Universidades Públicas Brasileiras.

Paulo Monteiro Vieira Braga Barone – Professor da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), e Conselheiro da Câmara de Educação Superior do Ministério da Educação (2004-2012, 2014-2018) e Presidente da Câmara (2008-2010).

Mónica Padilla – Coordenadora da Unidade Técnica de Capacidades Humanas da Organização Pan-Americana da Saúde no país (OPAS/Brasil).

Marina Peduzzi – Professora associada sênior da USP e coordenadora da Estação de Trabalho da Escola de Enfermagem da USP, integrante da Rede de Observatório de Recursos Humanos em Saúde.

Debatedores:

Naomar de Almeida Filho – Vice-presidente da Abrasco, professor titular do ISC/UFBA e titular da  Cátedra de Educação Básica IEA-USP/Itaú Social

Francisca Valda Silva de Oliveira – Coordenadora da Comissão Intersetorial de Recursos Humanos e Relações de Trabalho do Conselho Nacional de Saúde (CIRHRT/CNS). Ex-Presidente da Associação Brasileira de Enfermagem (ABEn).

Compartilhe e assista online!

Comments

comments

Deixe uma resposta