Pesquisadores internacionais ministrarão cursos e oficinas no 10º Congresso Brasileiro de Epidemiologia

Nos dias 7 e 8 de outubro, o 10º Congresso Brasileiro de Epidemiologia traz para o Brasil pesquisadores internacionais para os seus cursos e oficinas pré-congresso. Entre vários pesquisadores brasileiros, estarão Bianca DeStavola (professora da London School of Hygiene and Tropical Medicine, Inglaterra), Victor Kipnis (pesquisador do National Institutes of Health, EUA), Maya Petersen (pesquisadora da University of California Berkeley, EUA), Paula Meireles e Henrique Barros (pesquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, Portugal) e Iveta Simera (pesquisadora da Rede EQUATOR, Universidade de Oxford).

Abrindo o primeiro dia de oficinas e cursos, Bianca DeStavola vai ministrar o curso Método de Imputação Múltipla de Dados em Epidemiologia, das 8 às 17h. Quando serão discutidas as abordagens ad-hoc comumente usadas para lidar com dados faltantes e introduzido o método de imputação múltipla (MI). Serão descritos o modelo conjunto e as equações de imputação de cadeia aplicando-se os comandos de MI do Stata. Dia 7 de outubro, das 8 às 17h.

Victor Kipnis, pesquisador do National Institutes of Health, EUA, vai ministrar em parceria com Eliseu Verly Jr., do Instituto de Medicina Social da UERJ, o curso Avaliação do Consumo Alimentar: Correção do Efeito do Erro Intrapessoal, que abordará o problema da variação do dia-a-dia no consumo nas análises em epidemiologia nutricional. Será feita uma breve abordagem teórica sobre a correção dos dados pela variância intrapessoal, seguida de sua aplicação em análises: estimativa de medidas de associação entre consumo de alimentos e um desfecho e cálculo do índice de qualidade da dieta. Durante a atividade prática, os alunos poderão trabalhar em seus bancos de dados. Dia 8 de outubro, das 8 às 17h.

Já o curso Introdução à Inferência Causal será ministrado pela pesquisadora Maya Petersen, da University of California Berkeley, Estados Unidos. Uma programação que vai apresentar uma introdução ao arcabouço da inferência causal, os gráficos acíclicos direcionados (DAGs) e os modelos de equações estruturais não paramétricos (NPSEM), que serão usados para definir o modelo causal. Serão apresentados métodos de estimação do efeito causal usando ponderação pelo inverso da probabilidade de tratamento, computação G, e máxima verossimilhança direcionada, integrando métodos de aprendizagem de máquina (Super Learning). Dia 8 de outubro, das 8 às 17h.

Iveta Simera, pesquisadora da Rede EQUATOR, Universidade de Oxford, vai ministrar o curso Maximize o Impacto da sua Pesquisa e Atraia Colaborações: Uso de Diretrizes de Relato para a Redação de Artigos de Pesquisa, com o objetivo de ajudar os participantes a compreender as principais deficiências de comunicação que limitam o uso de artigos que contém relatos de pesquisa; entender quais são as diretrizes de relato, onde encontrá-las e como usá-las efetivamente ao preparar publicações de pesquisa; e desenvolver uma estratégia para publicar com sucesso os resultados de sua pesquisa. Dia 8 de outubro, das 8 às 17h.

Os pesquisadores portugueses da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, Portugal, Paula Meireles e Henrique Barros vão coordenar o curso Métodos Epidemiológicos para Avaliar Populações de Difícil Acesso, no dia 8 de outubro, das 8 às 17h. O curso pretende ser uma introdução aos métodos de investigação usados para avaliar populações de difícil acesso como por exemplo migrantes, usuários de drogas, homens que têm sexo com homens, trabalhadores sexuais. Vão abordar as principais teorias, técnicas de amostragem, métodos quantitativos e qualitativos e abordagem a estas populações com especial enfoque na investigação participativa.

 

Perfil dos pesquisadores internacionais

 

Henrique Barros é formado em Medicina, professor Catedrático de Epidemiologia desde 1999 e Diretor do Departamento de Epidemiologia Clínica, Medicina Preditiva e Saúde Pública da FMUP. Tem desenvolvido trabalho de investigação em projetos nacionais e internacionais, em áreas como a epidemiologia clínica e perinatal, as doenças cardiovasculares, infecciosas e o cancro. É editor-associado do European Journal of Epidemiology e membro do conselho editorial das revistas BMC Public Health, Cadernos de Saúde Pública e Journal of Epidemiology and Community Health. Foi Coordenador Nacional para a Infecção VIH/Sida até dezembro de 2011.

Paula Meireles é aluna de doutorado em Saúde Pública e bolsista de investigação no Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto desde 2012. Licenciou-se em Análises Clínicas e Saúde Pública da Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto em 2007. Em 2015 terminou o mestrado em Saúde Pública da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto. As suas principais áreas de investigação são a epidemiologia e os determinantes da infeção HIV, hepatites virais e outras infeções sexualmente transmissíveis nas populações em maior risco, nomeadamente homens que têm sexo com homens, pessoas que usam drogas, trabalhadores do sexo e migrantes; e as estratégias de prevenção e a aceitabilidade da profilaxia pré-exposição.

Bianca DeStavola é Co-Diretora da LSHTM Centre for Statistical Methodology da London School of Hygiene and Tropical Medicine, Inglaterra. Gosta de ensinar estatística e epidemiologia, especialmente quando se estabelece a ponte entre as duas disciplinas. É professora do módulo “Análise de dados hierárquicos e outros dependentes” e co-organiza o Curso Curto em Inferência Causal em Epidemiologia (realizada no LSHTM em novembro de cada ano). É graduada em Statistical Sciences na University of Padua, tem mestrado em Statistics pela London School of Economics e PhD em Statistics pela Imperial College, de Londres.

Victor Kipnis é estatístico matemático no grupo da pesquisa da biometria, divisão da prevenção do cancro, no National Cancer Institute of the United States. É mestre em Matemática e Ph.D. em Statistics pela Moscow State University, Russia, e tem ensinado e conduzido a pesquisa estatística nos EUA desde 1986. Um dos aspectos mais importantes do trabalho de Kipnis desde que se juntou ao NCI em 1992 envolveu questões estatísticas em torno do desenho e análise de estudos nutricionais. Ele se tornou um líder internacional amplamente reconhecido no campo, deu inúmeras palestras convidadas e palestras nos congressos nacionais e internacionais e foi autor e co-autor de um número de publicações cruciais que examinam a estrutura do erro dietético de medição, seus efeitos sobre resultados de estudos e métodos de ajustamento em relação à epidemiologia e vigilância nutricional.

Maya Petersen é pesquisadora e professora da University of California Berkeley, EUA. A pesquisa de Maya centra-se no desenvolvimento e aplicação de novos métodos de inferência causal para problemas na saúde, com foco no tratamento e prevenção do HIV. Ela tem um forte interesse e tem publicado sobre a interface entre bioestatística, epidemiologia e medicina clínica.

 

 

 

Juntamente com o professor Doug Altman, Iveta Simera, da Rede EQUATOR, Universidade de Oxford, lidera o desenvolvimento do programa EQUATOR (Melhorando a Qualidade e a Transparência da Pesquisa em Saúde) em Oxford. O lançamento do programa foi em resposta à crescente infelicidade sobre o estado da literatura de pesquisa médica. Trabalhos de pesquisa muitas vezes com documentos incompletos, mas frequentemente porque não fornece detalhes suficientes ou descrições claras. Estas deficiências criam problemas, especialmente para as pessoas que trabalham em revisões sistemáticas, que visam reunir estudos semelhantes e comparar suas descobertas. A má informação de informações cruciais, tais como os critérios de elegibilidade dos participantes, o processo de aleatorização, as descrições de uma intervenção e a sua entrega, a notificação selectiva dos resultados (frequentemente apenas os resultados “positivos”) e a não notificação de efeitos nocivos tornam a interpretação confiável dos achados publicados difícil ou mesmo impossível.

 

))) Nos vemos em Florianópolis!

Veja a programação dos cursos e oficinas AQUI.

Comments

comments