Equidade de gênero no X Congresso Brasileiro de Epidemiologia

Equidade de gênero está entre os postulados teóricos e práticos que compõem o X Congresso Brasileiro de Epidemiologia, que será realizado de 07 a 11 de outubro deste 2017, em Florianópolis (SC). A Comissão Científica do evento inova ao incorporar esta perspectiva em suas atividades, buscando promover – das melhores formas possíveis – a representação igualitária e equilibrada entre mulheres e homens.

Na programação de cursos pré-congresso já divulgada até o momento, das 39 atividades, 37 cursos serão ministrados por professoras e 31 por professores (a maioria das aulas será ministrada por duplas). As inscrições para os cursos pré-congresso estão abertas. Clique e confira.

Além disso, a Comissão Científica endossa e incentiva a utilização da Diretriz SAGER: Sex and Gender Equity in Research. A Diretriz SAGER é um conjunto de procedimentos para o relato de informações sobre sexo e gênero no desenho de estudos, análise de dados, resultados e interpretação dos achados. A consideração de sexo e gênero nos estudos e na comunicação científica visa não somente a adoção de melhores práticas científicas, mas também a geração de subsídios para intervenções e oportunidades baseadas em evidências para pessoas de ambos os sexos e todos os gêneros. A submissão de trabalhos está aberta até 30 de março. Falta menos de um mês. Não perca o prazo. Confira as regras e inscreva seu trabalho.

Leia ainda:
+ Não são as mulheres que estão falhando na ciência. É a ciência que está falhando com as mulheres – artigo de Lorena Rivera León
+ Abrasco tem mais de 60% de representatividade feminina nas instâncias de pesquisa
+ País esqueceu depressa das mulheres vítimas do vírus da zika – coluna de Claudia Colucci no jornal Folha de S. Paulo

Comments

comments