9º Congresso Brasileiro de Epidemiologia


A Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), por meio de sua Comissão de Epidemiologia, realizará no período de 07 a 10 de setembro, na cidade de Vitória – ES, o 9º Congresso Brasileiro de Epidemiologia – Epivix. Confira aqui o site oficial do evento e inscreva-se.

Tema

O tema central “As fronteiras da epidemiologia contemporânea: do conhecimento científico à ação”, pretende mobilizar os epidemiologistas brasileiros para a divulgação e o debate de questões relevantes para a saúde da população com base nas abordagens metodológicas modernas.

A Epidemiologia contemporânea tem vivenciado diversas encruzilhadas e busca superá-las. Alguns deles se expressam na mudança da própria conjuntura política do país. Um dos caminhos para superação dos desafios é uma aproximação maior com as técnicas estatísticas capazes de dar conta das relações dinâmicas e recíprocas entre exposições e desfecho, das suas relações descontínuas ou das alterações temporais. Outro caminho é a maior articulação da Epidemiologia com as outras áreas do campo da Saúde Coletiva, a saber, as ciências sociais, o planejamento e a gestão, com desenvolvimento de concepções teóricas e de técnicas de abordagem que possam aprimorar o entendimento das inter-relações entre os fenômenos e interpretá-los de forma sistêmica, gerando impactos favoráveis para a saúde da população. No Brasil, o espaço prioritário para esse debate será o 9º Congresso Brasileiro de Epidemiologia – Epivix.

Epidemiologia

Enquanto disciplina científica, a Epidemiologia produz conhecimentos sobre o processo saúde-doença na dimensão coletiva analisando a distribuição dos processos e seus determinantes na sociedade. Enquanto prática em saúde, sua missão é garantir a reprodução da força de trabalho na dimensão social principalmente através de atividades de promoção de saúde e prevenção e controle de doenças.

No Brasil, a Epidemiologia se constitui como disciplina do campo da Saúde Coletiva e esse pertencimento se traduz em compromisso firme com as modificações das condições de saúde da população. Desde 1990, a Abrasco realiza seu Congresso Brasileiro de Epidemiologia, e os números mostram como o crescimento contínuo do evento caracteriza a disseminação do conhecimento: no 1º congresso, 378 trabalhos foram apresentados, em 2014 o Epivix recebeu quase 3 mil submissões de trabalhos. A troca de experiências entre os âmbitos da Academia, dos Serviços e da Gestão Pública fortalece a Epidemiologia e consequentemente contribui para o fortalecimento do projeto democrático do SUS – Sistema Único de Saúde – ameaçado pelo
avanço da mercantilização da saúde.

Quem faz o Epivix

Pesquisadores, professores, estudantes, militantes de movimentos sociais, gestores e trabalhadores da saúde. A Comissão de Epidemiologia da Abrasco saúda seus participantes, certa de que os debates irão proporcionar um melhor preparo teórico-instrumental e uma maior motivação para a grande aventura do conhecimento científico socialmente comprometido com a ação política democrática. A presidente do Congresso é a professora Ethel Leonor Noia Maciel, do Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). O Presidente da Comissão Organizadora Nacional e Coordenador da Comissão de Epidemiologia da Abrasco é o professor José Cassio de Moraes, da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e a Presidente da Comissão Organizadora Local é a professora Elizabete Oliveira, da UFES.

 

Comments

comments

2 comentários sobre “9º Congresso Brasileiro de Epidemiologia

Deixe uma resposta