Série Convidados Internacionais | Marcos Cueto (Peru) | VI Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde


17 de julho de 2013

 

Graduou-se em História pela Universidad Católica de Perú (1982). É mestre (1983) e doutor (1988) em História pela Columbia University de Nova York. Realizou seu pós-doutorado junto ao Programa Science, Medicine and Society do Machassuchusetts Institute of Technology (MIT), de Boston (1990-1991). É professor titular da Universidad Peruana Cayetano Heredia e pesquisador titular do Instituto de Estudios Peruanos, de Lima, do qual foi diretor-geral (2009-2011). Nos Estados Unidos, foi professor visitante nas universidades de Stanford, Princeton, Columbia e Nova York. É editor adjunto da revista História, Ciências, Saúde – Manguinhos. Foi bolsista das fundações Guggenheim, Mellon, Tinker, Ford e Rockfeller e recebeu prêmios da Latin American Studies Association e da History of Science Society. Atualmente é pesquisador visitante sênior da Casa de Oswaldo Cruz/Fundação Oswaldo Cruz e professor visitante do Programa de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde (COC/Fiocruz). As pesquisas que desenvolve atualmente versam sobre a história da saúde na América Latina, a saúde global e a historia da Organização Mundial de Saúde.


Grupos de pesquisa do CNPq


História da Medicina e das Ciências da Vida e Relações Científicas Internacionais | Este grupo de pesquisa tem por objetivo promover um espaço de interação e discussão entre pesquisadores brasileiros e estrangeiros, no sentido de contribuir para as reflexões da história das ciências da vida e da saúde. As pesquisas reunidas neste grupo visam investigar os intercâmbios / relações científicas internacionais no século XX. Buscam compreender as redes – intra e interdisciplinares e institucionais – estabelecidas entre os pesquisadores brasileiros e seus pares europeus, norte-americanos e latino-americanos nas áreas das ciências médicas e biológicas. Visa, ainda, apontar os sentidos específicos assumidos por tais conhecimentos médico-científicos no contexto político-social brasileiro e no processo de institucionalização das ciências no país. Serão contempladas como temas de pesquisa as redes científicas estabelecidas entre os pesquisadores brasileiros e estrangeiros, a circulação de idéias e teorias por meio de publicação especializada, intercâmbios e atuação de cientistas em instituições – científicas, governamentais e industriais / farmacêuticas – de diferentes países, congressos internacionais, comissões e expedições de exploração científica de caráter internacional. O grupo já vem trabalhando em diversos projetos conjuntos, com resultados publicados em periódicos científicos internacionais e nacionais. Vem também participando sistematicamente de discussões acadêmicas e científicas em fóruns específicos no Brasil e no exterior; organizando simpósios temáticos e seminários; ministrando cursos em programas de pós-graduação; orientando estudantes em nível de graduação e pós-graduação e atuando em projeto de cooperação internacional.


História e Políticas de Saúde | Abriga investigações que tomam a saúde pública – suas políticas, instituições e profissões, como um fenômeno histórico que combina as ações governamentais, voluntárias e privadas com o conhecimento científico, práticas profissionais e movimentos políticos e sociais. Buscam compreender em perspectiva histórica e comparada a organização da saúde no Brasil, as instituições responsáveis pelos serviços de saúde, seus atores individuais e coletivos e a relação da saúde com a política e a sociedade. Outras características são a reflexão teórica e conceitual sobre as relações entre história e política governamental e o acento na dimensão internacional da saúde. Repercussões: a) publicação de artigos em periódicos nacionais e internacionais, de livros e de capítulos de livros, e suplementos especiais de periódicos nacionais e internacionais. b) obtenção de prêmios e distinções. c) orientação de bolsistas de Iniciação Científica e de estágios curriculares. d) participação em editorias de revistas científicas e conselhos editoriais de periódicos e editoras científicas no Brasil e no exterior e) participação na direção de sociedades científicas d) organização de eventos científicos nacionais e internacionais. e) dissertações e teses orientadas no Programa de Mestrado e Doutorado em História das Ciências e da Saúde e em outros programas f) Oferta de disciplinas em programas de pós-graduação e cursos de especialização. g) constituição de bases de informação e ações de documentação nas linhas de pesquisa; h) obtenção de financiamento de pesquisa das principais agências de fomento e de organizações internacionais; i) organização e gestão de redes nacionais e internacionais de pesquisadores com particular ênfase nas relações com a América Latina, Caribe e no diálogo sul-sul. j) Coordenação do Observatório História e Saúde, da Rede Observatório de Recursos Humanos em Saúde (COC-Segetes/Ministério da Saúde-Organização Pan-Americana da Saúde).


Produção em destaque:
CUETO, Marcos.  “International health, the early cold war and Latin America.”  Bulletin Canadien d'Histoire de la Médecine. v. 25, 2008, p. 17-41.
CUETO, Marcos. Cold War and Deadly Fevers: Malaria Eradication in Mexico, 1955-1970. Baltimore: Johns Hopkins University Press, 2007.
CUETO, Marcos. El Valor de la Salud: Historia de la Organización Panamericana de la Salud. Washington, D.C.: OPS, 2004. Versiones en ingles y portugués: The Value of Health: A History of the Pan American Health Organization Rochester: The University of Rochester Press, 2007; Valor da Saúde: história da Organização Pan-Americana da Saúde Rio de Janeiro: Fiocruz, 2007.
CUETO,  Marcos (org.). Dossiê “Instituciones Sanitarias y Poder en América Latina”, Dynamis. Acta Hispanica ad Medicinae Scientiarumque Historiam Illustrandam, v. v.25, 2005, 45-57.
CUETO, Marcos. “The Origins of Primary Health Care and Selective Primary Health Care.” American Journal of Public Health, vol.  94, n. 11, 2004, p. 1864-1874.
CUETO, Marcos (ed.) Missionaries of Science: The Rockefeller Foundation and Latin America. Bloomington: Indiana Univ. Press, 1994.

Comments

comments

Deixe uma resposta