Revista belga repercute 8º Congresso de Ciências Sociais e Humanas em Saúde

O 8º Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde foi tema de um artigo que a revista belga Mondiaal Nieuws publicou este mês. O articulista Luc Vankrunkelsven – que aborda frequentemente a agricultura alternativa, destruição de ecossistemas e o deslocamento da agricultura familiar em pequena escala, esteve em João Pessoa e escreveu o texto “Por que o Brasil precisa de um movimento para uma agricultura saudável”.

Confira aqui a versão original e abaixo alguns trechos já traduzidos para o português:

(…) Fui convidado para reuniões na Universidade Federal da Paraíba, em João Pessoa, onde acontece agora um congresso da Abrasco. O tema principal é ‘Igualdade nas diferenças’. Mais de 2000 pessoas se reúnem aqui. Estudiosos. Entusiasmados. Muito bem preparados. Por exemplo, nunca vi brasileiros bisbilhotando em uma livraria e comprando livros. Paulo Freire ainda é destaque na vitrine, mas muitas obras novas também são arrastadas para fora.

A sessão de abertura está em movimento. Após um primeiro discurso, todos têm o direito de cumprimentar a bandeira do Brasil e cantar o hino nacional. Imediatamente depois eles cantam ‘Lula livre! Fora Bolsonaro!’ Depois, há espaço novamente para vários porta-vozes. Especialmente uma representante dos povos indígenas impressiona. Como “indígena” e antropóloga, ela sabe o que está dizendo. Termina com aplausos altos com: “Nossos corpos, Nossos territórios, Nossos espiritos.” Com isso, ela resume o que está em jogo: a violência contra as mulheres está aumentando dia a dia; o governo quer áreas indígenas que são a alma dos povos originários.

Os participantes trabalham por vários dias em dezenas de subgrupos, oficinas. Por causa do tema, participamos da oficina sobre ‘Segurança e qualidade alimentar’. Cada participante pode trazer um powerpoint de no máximo 6 minutos. Torna-se evidente imediatamente quais estudos completos estão sendo realizados em todo o país e com que intensidade eles prepararam esta conferência.

O tema no Brasil tem tudo a ver com saúde. Devido à devastadora expansão do agronegócio, muitas pessoas tradicionais não podem produzir seus próprios alimentos. Eles são forçados a mudar para alimentos industriais em supermercados. A obesidade aumentou acentuadamente nos últimos anos. Ao mesmo tempo, o câncer se tornou a primeira causa de morte no Brasil. Isso não é uma coincidência, se você considerar o aumento no uso de pesticidas (…)

Comments

comments

Deixe uma resposta